Política em Debate

Publicidade
Pratos Limpos

Operação investiga desvio de dinheiro da merenda em Cerro Azul

(Foto: Agência Brasil/arquivo)

O Ministério Público do Paraná cumpriu hoje 28 mandados de busca e apreensão e seis mandados de prisão temporária em Cerro Azul (região metropolitana de Curitiba). Os alvos são servidores públicos suspeitos de integrarem organização criminosa investigada por desvio de recursos vinculados à Secretaria de Assistência Social do município destinados a compra de merenda para crianças atendidas por projetos sociais locais.

Segundo as investigações, servidores do alto escalão da prefeitura deflagravam procedimentos de compra de alimentos que supostamente seriam destinados à merenda de crianças atendidas pelos projetos sociais. Os itens, no entanto, não chegavam a ser entregues, embora os valores fossem pagos – e posteriormente repartidos entre os envolvidos – mediante a liquidação das notas fiscais que em seguida eram canceladas. De acordo com as informações obtidas pelo MP, a prática vinha ocorrendo desde o ano passado, pelo menos, e encontrava-se em pleno funcionamento.

A operação, denominada “Pratos Limpos”, contou com o apoio da Polícia Militar. Os mandados foram cumpridos em residências e estabelecimentos comerciais em Cerro Azul, Pitanga e Curitiba, tendo sido apreendidos documentos, aparelhos de telefone celular, computadores, dinheiro, armas, munições e espécimes da fauna silvestre sem a devida autorização.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES