0 a 3

Athletico poupa os titulares e é atropelado pelo Fortaleza no Castelão

(Foto: Divulgação/ Athletico)

O Athletico foi atropelado pelo Fortaleza na noite deste sábado (23 de outubro), em duelo válido pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro. Jogando na Arena Castelão, a equipe paranaense entrou em campo com um time reserva, focando na semifinal da Copa do Brasil, contra o Flamengo, na próxima quarta-feira. O Leão do Pici, por sua vez, usou força máxima e se impôs dentro de casa aplicando um fácil 3 a 0, com direito a Lucas Lima inaugurando o marcador com menos de um minuto de partida. Ainda no primeiro tempo, aos seis minutos, Yago Pikachu fez o 2 a 0 enquanto Robson encerrou a contagem na etapa final.

LEIA MAIS: Poucos se salvam na goleada sofrida contra o Leão do Pici. Confira as atuações do Furacão

LEIA MAIS: Alberto Valentim diz que Athletico ainda mira vaga na Libertadores via Brasileirão: ‘Temos que reagir’

Com mais esse tropeço, o Furacão já soma quatro jogos sem vitória no Brasileirão e estaciona nos 34 pontos conquistados após 26 partidas disputadas, em 11º lugar. Já o Fortaleza registra a terceira vitória consecutiva na competição e chega aos 48 pontos após 28 jogos, assumindo a vice-liderança da Série, aproveitando-se da derrota do Flamengo para o Fluminense na rodada.

DUELO DE SEMIFINALISTAS

Athletico e Fortaleza são ambos semifinalistas da Copa do Brasil, mas encaram realidades distintas dentro da competição de mata-mata depois da disputa da partida de ida, no último dia 20: enquanto o Furacão empatou em 2 a 2 contra o Flamengo na Arena da Baixada, o Leão do Pici perdeu por 4 a 0 para o Atlético-MG em Belo Horizonte. Os jogos de volta acontecem na próxima quarta-feira.

ESCALAÇÕES

A situação das equipes no mata-mata nacional praticamente determinou as escalações utilizadas no Castelão.

O Athletico poupou todo o time considerado titular, mudando também o esquema tático (do 3-4-3 para o 4-2-3-1).. Dos onze que haviam começado jogando contra o Flamengo no meio de semana, oito jogadores sequer viajaram para o Nordeste (o goleiro Santos, lateral-direito Marcinho, zagueiros Pedro Henrique e Thiago Heleno, meia Léo Cittadini e atacantes David Terans, Nikão e Renato Kayzer.), enquanto outros três começaram no banco de reservas (o lateral Abner, o zagueiro Nicolas Hernándes e o volante Erick) .

O Fortaleza, por outro lado, usou força máxima, contando ainda com os retornos do zagueiro Marcelo Benevenuto e do meia Lucas Lima (que não podem jogar a Copa do Brasil) e do meia-atacante David (que cumpriu suspensão).

PRIMEIRO TEMPO

Um time titular e outro reserva. Uma equipe agora com foco total no Brasileirão contra outra que aponta para os mata-matas (na Copa do Brasil e na Sul-Americana). E com bola rolando, o que se viu foram dois grupos em rotações completamente diferentes.

Valendo-se de sua própria velocidade na hora de atacar, dos erros do adversário na saída de bola e também da falta de entrosamento e da desatenção atleticana, o Fortaleza abriu o placar com apenas 51 segundos de jogo, com Lucas Lima, e ampliou o marcador aos seis minutos, com Yago Pikachu.

Em desvantagem, o Athletico pouco fez e pouco conseguiu fazer para voltar ao jogo, criando apenas um lance de perigo, em bola parada.

Ainda na primeira etapa, o Leão do Pici fez sua primeira mudança, com Yago Pikachu, que sentiu um problema no ombro, deixando o campo aos 43 minutos para a entrada de Lucas Crispim. Três minutos depois, o meia-atacante ex-Santos mandou uma cobrança de falta na trave da meta defendida por Bento.

SEGUNDO TEMPO

Ainda no começo do segundo tempo, aos sete minutos, Vojvoda teve de substituir no Leão do Pici, também por lesão, o meia Lucas Crispim, que havia entrado em campo no final da primeira etapa e acabou trocado por Edinho. Mais tarde, aos 28, Depietri, Wellington Paulista e Daniel Guedes entraram nas vagas de David, Robson e Bruno Melo.

Assim como ocorrera no primeiro tempo, quem jogou em busca do gol foi o time mandante, que acabou premiado aos 16 minutos, após mais uma boa jogada de Lucas Lima, que cruzou na medida para Robson, ex-Coritiba, balançar a rede e fazer o 3 a 0.

As primeiras substituições de Alberto Valentim foram feitas aos 26 minutos, quando Márcio Azevedo e Vinicius Mingotti entraram em campo nos lugares de Jáder e Bissoli. Aos 34 foi a vez de Nicolas Hernández e Jaderson substituírem Christian e Carlos Eduardo e, já nos acréscimos, Kleiton substituiu Pedrinho.

Nos minutos finais o Athletico ainda esboçou uma pressão e criou trÊs chances para diminuir a desvantagem, mas parou em boas defesas do goleiro Marcelo Boeck e na falta de pontaria de Mingotti.

FICHA TÉCNICA

Fortaleza 3 x 0 Athletico

Fortaleza: Marcelo Boeck; Marcelo Benevuto, Titi e Matheus Jussa; Yago Pikachu (Lucas Crispim) (Edinho), Ronald, Ederson e Bruno Melo (Daniel Guedes); Lucas Lima; David (Depietri) e Robson (Wellington Paulista). Técnico: Juan Pablo Vojvoda
Athletico: Bento; Khellven, Zé Ivaldo, Lucas Fasson e Pedrinho (Kleiton); Christian (Nicolas Hernández), Fernando Canesin e Jáder (Márcio Azevedo); Carlos Eduardo (Jaderson), Bissoli (Vinicius Mingotti) e Pedro Rocha. Técnico: Alberto Valentim
Gols: Lucas Lima (1-1º), Yago Pikachu (6-1º), Robson (16-2º)
Cartões amarelos: Fernando Canesin, Christian (A); Robson, Ederson (F)
Árbitro: Dênis da Silva Ribeiro Serafim (AL)
Local: Arena Castelão, em Fortaleza (CE), sábado (23/10) às 19h15

PRINCIPAIS LANCES

Primeiro tempo

1 - Gol do Fortaleza! Cruzamento de Lucas Lima. A bola bate e rebate na área do Athletico e sobra para Pikachu, que chuta firme, de primeira. A bola explode na trave e sobra para Lucas Lima, que manda uma bomba, sem chance para Bento.
.
6 - Gol do Fortaleza! Lucas Lima corta dois marcadores na entrada da área, saindo da esquerda para o centro. Yago Pikachu toma a bola do companheiro, olha para o gol e chuta forte, bem colocado no canto.

7 - Contra-ataque rápido do Fortaleza. David recebe na frente, livre, invade a área e se prepara para o chute. Zé Ivaldo chega na 'hora H' e acerta um belo bote para salvar o Furacão.

21 - Cobrança de falta para o Athletico. Khellven manda para a área e Zé Ivaldo aparece na segunda trave para cabecear. Marcelo Boeck tira com um tapa.

36 - Robson recebe de Lucas Lima, domina na entrada da área e chuta forte para o gol. A bola vai passa ao lado, com perigo.

44 - Lucas Lima dá passe em profundidade para Robson, que invade a área e rola para trás, para o companheiro chegar batendo. Por cima do gol.

46 - Cobrança de falta para o Fortaleza na entrada da área adversária. Lucas Crispim chuta colocado e a bola beija a trave e sai.

48 Athletico erra na saída de bola, com Jáder perdendo para Jussa na intermediária. Robson recebe a bola, invade a área e chuta forte, para boa defesa de Bento.

Segundo tempo

1 – Cruzamento de Pedrinho, a zaga afasta e Christian chuta forte na sobra, mandando para fora.

8 – Chute forte e rasteiro de Lucas Lima, de fora da área. Bento segura.

16 - Gol do Fortaleza! Lucas Lima recebe a bola na esquerda, perto da área, e cruza com perfeição na segunda trave. A bola encontra a cabeça de Robson que cabeceia firme de dentro da pequena área e balança a rede.

26 - Jussa recebe na área e chuta forte. Bento espalma e manda a bola para fora.

37 – Lucas Lima arrisca um chute colocado da intermediária e manda por cima, perto do gol.

39 - Canesin recebe a bola pela direita, já na área, e chuta cruzado, obrigando boa defesa de Marcelo Boeck. A zaga afasta o perigo na sobra.

40 - Cobrança de escanteio para o Athletico. A bola viaja para a primeira trave e encontra a cabeça de Pedro Rocha, que finaliza firme para o gol. Mais uma grande defesa de Boeck.

43 - Pedro Rocha faz o passe para Mingotti, que recebe a bola na frente, dentro da área e de frente para o gol, e chuta na saída do goleiro, ao lado.