Resumo do dia

Bem rapidinho: o que foi notícia nesta sexta-feira, 17 de setembro

Prefeito de Curitiba diz que fará pressão política para vacinar adolescentes sem comorbidades contra Covid

Em entrevista coletiva sobre o encerramento do Pavilhão da Cura, no Parque Barigui, o prefeito Rafael Greca disse que vai fazer pressão política para que o Ministério da Saúde 'libere' a imunização de adolescentes de 12 a 17 anos contra Covid. "A nossa vontade é de imunizar todos os adolescentes de 12 a 17 anos, mas a Pfizer tem a exclusividade para adolescentes. É a única que pode ser aplicada. Então, o Ministério da Saúde tem que entrar em acordo com a Anvisa. A  princípio seguiremos a orientação do Ministério e começaremos pelos adolescentes com comorbidade. Se eu pudesse comprar vacinas, eu o faria, mas é o Ministério que compra. Vou fazer pressão política para isso acontecer", disse Greca. "Queremos todos vacinados para um ano novo totalmente imunizado".

 

Covid-19: Prefeitura de Curitiba vai desativar 'Pavilhão da Cura'

Com mais de 400 mil doses aplicadas desde o início da campanha anticovid, o Pavilhão da Cura encerrará suas atividades neste sábado (18). A imunização contra covid-19 continuará sendo feita normalmente nos demais pontos de vacinação da capital. O Pavilhão foi um importante ponto para imunização dos curitibanos na fase mais aguda da pandemia. O encerramento das atividades acontece numa fase que Curitiba já chamou toda a sua população adulta (com 18 anos ou mais), atingindo uma cobertura de 97% com ao menos uma dose e 54,8% com duas doses ou dose única.

 

Morte de adolescente em SP não foi causada por vacina da Pfizer, conclui estudo

A morte de uma adolescente de 16 anos em São Bernardo do Campo, região metropolitana de São Paulo, não foi causada pela vacina da Pfizer, aponta estudo feito por 70 especialistas e divulgado nesta sexta-feira, 17, pela Secretaria de Estado da Saúde. O diagnóstico apontou que a causa do óbito, sete dias após a jovem ser imunizada, foi uma doença autoimune, grave e rara, conhecida como Púrpura Trombótica Trombocitopênica (PPT).

 

Número de casos e mortes por Covid na faixa etária de 10 a 19 anos aumenta mais de 200% no Paraná

Levantamento com dados da Secretaria de Estado de Saúde do Paraná (Sesa), desde o início da pandemia, revela que 74 adolescentes e jovens entre 10 e 19 anos morreram por Covid-19 e 121.627 foram diagnosticados com a doença. O que chama a atenção é o aumento de mortes e casos de 2020 para 2021 no Paraná. Os dados até essa sexta (17) revelam um aumento de 236,61% no número de casos se comparado 2020 e 2021, mesmo faltando mais de três meses para o ano acabar. Já o número de mortes subiu 211,11% passando de 18 em 2020 para 56 em 2021. Nesta faixa etária estão incluídos os adolescentes de 12 a 17 anos sem comorbidades que foram retirados por enquanto da fila de vacinação contra Covid por recomendação do Ministério da Saúde.

 

Boletim da Fiocruz alerta para número alto de casos de Síndromes Respiratórias Agudas Graves no Paraná

A Fiocruz constatou que o número de casos e de mortes por covid-19 no Brasil sofreu a maior queda desde o início de 2021. O recuo foi de 3,8% ao dia na última Semana Epidemiológica entre 5 a 11 de setembro. O País registra agora doze semanas consecutivas de redução nos óbitos. Os dados constam da nova edição do Boletim do Observatório Covid-19 da instituição, divulgado nesta sexta-feira, 17.

 

Covid: Curitiba registra 18 novas mortes, mas casos ativos ficam abaixo de 6 mil

A Secretaria Municipal da Saúde de Curitiba registrou, nesta sexta-feira (17/9), 335 novos casos de covid-19 e 18 óbitos de moradores da cidade infectados pelo novo coronavírus. Sete desses óbitos ocorreram nas últimas 48 horas. As vítimas são 7 homens e 11 mulheres, com idades entre 37 e 97 anos. Três pessoas tinham menos de 60 anos. Até o momento foram contabilizadas 7.402 mortes na cidade provocadas pela doença neste período de pandemia.

 

Paraná em alerta amarelo para tempestades; previsão é de muito vento, chuva e granizo

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu alerta amarelo, ou seja perigo pontencial, para tempestades em todo o Paraná nesta sexta (17) e sábado (18), inclusive em Curitiba e no Litoral do Estado. A previsão é de chuva entre 20 e 30 mm/h ou até 50 mm/dia, ventos intensos (40-60 km/h), e queda de granizo. A temperatura no sábado aumenta para mínima de 15 e máxima de 27 graus, apesar da chuva. O domingo também deve ser chuvoso na capital, segundo o Simepar, com temperatura entre 17 e 28. Somente na segunda, a chuva deve dar uma trégua.

 

Professora de educação infantil de 44 anos de Curitiba morre por Covid-19 e gera comoção

A professora de educação infantil Fernanda Nassar Woiczack, 44 anos, morreu nesta sexta-feira (17), vítima de complicações do novo coronavírus. Ela estava internada no Hospital Cruz Vermelha, em Curitiba, onde faleceu. O velório foi nesta sexta-feira e o sepultamento foi no Cemitério Vaticano, em Almirante Tamandaré, na Região Metropolitana de Curitiba.

 

Polícia investiga caso de jovem que saiu para procurar emprego e acabou assassinada na Grande Curitiba

A Polícia Civil do Paraná identificou através de perícia necropapiloscópica o cadáver de uma jovem, de 20 anos, que estava desaparecida desde o sábado (11), quando saiu de casa em Almirante Tamandaré, na Região Metropolitana de Curitiba, para uma entrevista de emprego A identificação aconteceu na terça-feira (14).

 

Coritiba mostra eficiência e derrota o Vila Nova no Couto Pereira

O atacante Leo Gamalho voltou a decidir, e o Coritiba fez o suficiente para derrotar o Vila Nova-GO por 1 a 0, na noite desta sexta-feira (17), no Couto Pereira. A partida era válida pela 24ª rodada da Série B. Na partida toda, o Coritiba finalizou apenas seis vezes (3 no gol). Com a vitória, o Coritiba foi a 48 pontos na Série B. O time lidera a competição e abriu seis pontos do Goiás – o atual 2º colocado, que ainda joga nesta rodada.