Publicidade
Série B

Com mudança no setor ofensivo, Paraná perde para o Operário em jogo-treino

Operário e Paraná Clube, no CT Ninho da Gralha
Operário e Paraná Clube, no CT Ninho da Gralha (Foto: Divulgação/Paraná Clube/José Tramontim)

O Paraná Clube perdeu por 1 a 0 o jogo-treino contra o Operário Ferroviário, de Ponta Grossa, realizado na tarde desta terça-feira (16), no Ninho da Gralha. A atividade foi fechada, sem a presença de imprensa ou torcedores. A assessoria de imprensa do clube também não divulgou informações sobre os jogadores utilizados no jogo-treino.

Segundo a rádio Banda B, a equipe titular do Paraná Clube, usada no primeiro tempo, foi formada por Thiago Rodrigues; Eder Sciola, Eduardo Bauermann, Rodolfo e Guilherme Santos; Luiz Otávio e Itaqui; Ramon, Alesson e Caio Rangel; Jenison.

A novidade foi o atacante Ramon pelo lado direito do setor ofensivo. O jogador também atua como centroavante, posição que tem Jenison como titular. Ramon veio do Ituano e tem 14 gols em 80 jogos na história da Série B.

Ramon ganhou a vaga que foi de Andrey durante o Campeonato Paranaense. Outra modificação foi Rodolfo no lugar de Leandro Almeida, na zaga. 

No segundo tempo, Matheus Costa escalou o Paraná com Alisson; Sueliton, Leandro Almeida, Fernando Timbó e Juninho; Jeferson Lima e Fernando Neto; Andrey, Higor Leite e Caio Rangel; Marlyson. 

Marlyson foi confirmado como reforço nessa terça-feira.

ADVERSÁRIO
Já o Opérario usou o seguinte time no primeiro tempo: Simão; Danilo Báia, Lázaro, Rodrigo e Allan; Chicão e Índio; Jean Carlo, Robinho e Felipe Augusto e Schumacher. No segundo tempo, a equipe de Ponta Grossa testou Jardel, Serginho, Peixoto, Alisson e Eduardo.

PALAVRA DO TÉCNICO
“O técnico Matheus Costa aproveitou para movimentar todo o grupo, com duas equipes distintas em cada etapa da atividade”, informou o site oficial do Paraná, sem citar nomes de jogadores. “É importante um teste como esse, pois saímos da rotina do dia a dia e aumentamos o grau de competitividade”, declarou Matheus Costa, para o site do clube.

Segundo o site do Paraná, o técnico usou a equipe titular no primeiro tempo do jogo-treino, etapa que terminou em 0 a 0. “Foi uma boa atividade. Valeu pela movimentação e tivemos um bom volume de jogo, apesar do zero a zero. Serve como base para os ajustes visando à largada do Brasileiro”, comentou Matheus.

“O treinador veio para o segundo tempo com um time totalmente modificado, mas utilizando a mesma formação tática. O treino foi equilibrado, mas no final o Operário conseguiu marcar, com Bruno Batata, no rebote de uma penalidade máxima (defendida por Alisson). O Tricolor terá novo jogo-treino na próxima sexta-feira (19), frente ao Joinville-SC”, informou o site oficial do Paraná.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES