Publicidade
Série B

Coritiba defende invencibilidade de 24 anos contra o Londrina

Coritiba defende invencibilidade de 24 anos contra o Londrina
Alex Alves: confirmado no time titular (Foto: Divulgação/Coritiba)

O Coritiba defende nesta sexta-feira (dia 14) às 19h15, no Couto Pereira, uma invencibilidade contra o Londrina. A última vez que o time do Interior venceu o Coxa na capital foi em julho de 1994, por 1 a 0, pela Copa Cidade de Curitiba, um torneio amistoso. Em competições oficiais, a última vitória do Tubarão com o Coritiba como mandante ocorreu também em 1994, em maio, pelo Campeonato Paranaense. 

Depois daqueles confrontos, foram mais 18 duelos entre os dois times na capital paranaense, com 15 vitórias do Coxa e três empates. Se o retrospecto histórico é positivo para time alviverde, o momento é favorável ao Londrina, que tem a quinta melhor campanha do returno. O Coxa tem a quinta pior. 

ESCALAÇÃO
O técnico do Coritiba, Tcheco, não permitiu o acesso da imprensa no treino dessa quinta-feira (dia 12) e, nas entrevistas, fez mistério. “Fiz dois treinos nessa semana e tenho a dúvida não só em relação a jogadores, mas sobre esquema tático também. Vamos ter uma reunião antes do treino para poder abordar alguns assuntos. Ainda vou tirar as dúvidas no treino para ver qual será a melhor opção”, declarou.

Tcheco confirmou apenas a entrada do zagueiro Alex Alves e do lateral-direito Leandro Silva na equipe. Eles substituem Rafael Lima e Vinícius Kiss, suspensos. 

Nos primeiros treinos da semana, o técnico deu entender que faria mais quatro mudanças, com as entradas do lateral-esquerdo Henrique Gelain, do volante Escobar, do meia Thiago Lopes e do ponta Guilherme Parede. Eles entrariam nas vagas de Abner, Vitor Carvalho, Simião e Guilherme. No entanto, Gelain acabou não relacionado entre os 23 convocados para o jogo (veja a lista completa abaixo). Com isso, a tendência é que Abner continue como titular.

É possível que Tcheco surpreenda e escale o volante Uillian Correia, o ponta Iago Dias e o centroavante Alecsandro.

O treinador vem usando o esquema tático 4-1-4-1, mas já adotou o 4-3-1-2. Clique aqui para ver uma análise desses esquemas no blog Entrelinhas do Jogo.

LONDRINA
O Londrina não terá o ponta Paulinho Moccelin, ex-Grêmio-RS e Coritiba. O jogador está suspenso. Quem está recuperado de lesão e pode voltar ao time é o volante Germano, 37 anos, ex-Coritiba. O zagueiro Luizão, outro ex-Coritiba, e o atacante Carlos Henrique seguem lesionados e fora de ação. O zagueiro Dirceu e o volante João Paulo, ambos que já atuaram no Coritiba, serão titulares nesta sexta-feira.

CORITIBA x LONDRINA
Coritiba: Wilson; Leandro Silva, Thalisson Kelven, Alex Alves e Abner; Escobar; Thiago Lopes, Jean Carlos, Pablo e Guilherme Parede; Bruno Moraes. Técnico: Tcheco
Londrina: Vagner; Lucas Ramon, Dirceu, Lucas Costa e Sávio; João Paulo, Jardel, Germano (Jô) e Higor Leite; Felipe Marques e Dagoberto. Técnico: Roberto Fonseca
Árbitro: Claudio Francisco Lima e Silva (SE)
Local: Estádio Couto Pereira, sexta-feira às 19h15

OS 23 CONVOCADOS
Goleiros: Rafael Martins, Wilson
Zagueiros: Alex Alves, Geovane, Thalisson Kelven
Laterais: Abner, Leandro Silva 
Volantes: Escobar, Julio Rusch, Simião, Uillian Corrêa, Vitor Carvalho
Meias: Jean Carlos, Thiago Lopes, Yan Sasse
Pontas: Guilherme Parede, Guilherme, Iago Dias, Nathan, Pablo
Centroavantes: Alecsandro, Bruno Moraes, Jonatas Belusso

DESTAQUES DOS EDITORES