Publicidade
Motim

Dois presos morrem em rebelião em penitenciária de Cascavel

Dois presos morrem em rebelião em penitenciária de Cascavel

Dois presos já morreram durante a rebelião na Penitenciária Estadual de Cascavel, no oeste do Paraná. A informação foi confirmada hoje (10) pela Secretaria da Segurança Pública e Administração Penitenciária do Paraná (Sesp). Outras informações sobre as mortes e a identificação dos dois detentos serão dadas após o encerramento da rebelião. A Sesp e o Depen não vão se pronunciar até o fim do motim a fim de preservar a negociação, diz a secretaria, em nota.

O motim começou na tarde dessa quinta-feira (9), quando três agentes penitenciários foram feitos reféns. Um deles já foi liberado e dois ainda estão dentro da unidade. As informações preliminares indicam uma possível briga entre facções que ocupam o presídio.

Segundo a Sesp, seguem as negociações com os presos amotinados, lideradas pela unidade específica da Polícia Militar. A situação está administrada e a direção do Depen está no local. Os dois agentes penitenciários tomados como reféns estão bem, informou.

A Penitenciária Estadual de Cascavel tem capacidade para 1.160 presos e no momento do motim havia 980. A unidade penitenciária foi reformada e entregue em novembro de 2016. Em 2014, uma rebelião deixou mais de 80% da penitenciária destruída. Na ocasião, cinco presos foram mortos e 25 ficaram feridos.

Publicidade