Fortaleza 2 x 1 Coritiba

Eduardo Baptista não esconde descontentamento e fala em mudar tudo no Coritiba

(Foto: Geraldo Bubniak)

Após a derrota do Coritiba por 2 a 1 para o Fortaleza na Arena Castelão, na tarde deste sábado (04 de agosto), o técnico Eduardo Baptista desabafou sobre o momento que o time vive atualmente, sem esconder todo o seu desapontamento pela postura e pelas exibições recentes de seus jogadores – nas últimas cinco rodadas, apenas uma vitória, dois empates e duas derrotas.

Além de ter jogado pouco, criado pouco novamente, o treinador apontou ainda que a equipe regrediu em aspectos que já parecia melhorar. “
Uma postura nossa muito ruim, uma postura de confronto individual ruim e isso temos que evoluir. Tínhamos melhorado bastante nesse quesito e hoje voltou a piorar”, disse o treinador.

Ao fazer um balanço sobre o desempenho do time no primeiro turno, afirmou que a equipe “está aquém, foi aquém”.

“A equipe e todos da comissão técnica. Temos de fazer um segundo turno diferente, principalmente fora de casa”, comentou Baptista. “
Temos que melhorar muito, fazer um segundo turno completamente diferente em termos de confronto, em termos de postura. Não podemos apresentar o futebol que foi apresentado no primeiro turno.”

Ainda segundo o treinador, a equipe precisa de um “perfil de guerra, de dividida”. “Sofremos muitos gols com a bola no nosso pé. Vamos observar tudo isso, avaliar o sistema, analisar mudanças de peça na equipe”.

Entre as possíveis mudanças, a chegada de novos reforços está em pauta. “Jogadores estão chegando. Não podemos nos negar a reforçar a equipe para buscar alcançar o objetivo”, apontou o comandante alviverde. “A diretoria está fazendo de tudo para das condições e estrutura. Todos estamos chateados e reverter tudo isto está nas nossas mãos. A diretoria é presente, cobra sempre, cabe a nós dar um resultado melhor.”