Publicidade
Sul-Americana

Em competições internacionais, Atlético tem vantagem gigante sobre Coxa e Paraná

Em competições internacionais, Atlético tem vantagem gigante sobre Coxa e Paraná
Copa Sul-Americana 2018: Atlético soma três vitórias e uma derrota na atual edição (Foto: Geraldo Bubniak)

O Atlético Paranaense é a maior potência do futebol paranaense em competições internacionais. O clube tem números superiores que os maiores rivais, Coritiba e Paraná Clube, em todos os quesitos. 

Considerando apenas as competições oficiais, o Atlético já acumulou 35 vitórias na história. Juntos, Coritiba e Paraná somam 16 vitórias (9 do Coxa e 7 do Tricolor da Vila).  

O rubro-negro é quem mais participou de torneios estrangeiros oficiais. Foram cinco Libertadores e sete edições da Copa Sul-Americana, com um total de 12 participações em torneios da Conmebol – a Confederação Sul-Americana de Futebol. Juntos, Coritiba e Paraná somam 11 edições. 

DESEMEPENHO INTERNACIONAL

Em competições oficiais

Clube

Torneios

vitórias

empates

derrotas

aproveitamento

Atlético

12

35

14

27

52,50%

Coritiba

7

9

7

12

40,40%

Paraná

4

7

2

9

42,60%

 

Na Libertadores

Clube

Torneios

vitórias

empates

derrotas

Atlético

5

23

8

17

Coritiba

2

4

5

3

Paraná

1

4

2

4

 

Copa Sul-Americana + Copa Conmebol*

Clube

Torneios

vitórias

empates

derrotas

Atlético

7

12

6

10

Coritiba

5

5

2

9

Paraná

3

3

0

5

*O Paraná disputou a Copa Conmebol de 1999. Coritiba e Atlético só jogaram a Sul-Americana

 

No entanto, o Atlético não tem um número maior de vitórias apenas por ter disputado mais edições. A média de desempenho é bem superior. O Furacão teve aproveitamento de 52,5% de pontos nessas 12 competições internacionais. O Coritiba somou 40,4% dos pontos que disputou e o Paraná, 42,6%.

O Atlético também conseguiu as melhores campanhas nesses torneios. Foi vice da Libertadores 2005 (perdeu para o São Paulo na final) e chegou até a semifinal da Sul-Americana 2006 (eliminado pelo Pachuca-MEX). 

O Coritiba nunca passou da fase de grupos da Libertadores. Caiu em 1986 e em 2004. Na Sul-Americana, chegou até as quartas de final em 2016, quando acabou derrotado pelo Atlético Nacional, de Medellín (Colômbia). 

O Paraná foi até às oitavas de final na única Libertadores que disputou, em 2007. A eliminação ocorreu diante do Libertad, do Paraguai. Na Sul-Americana, caiu fora já na primeira fase nas duas participações – perdeu para o Atlético-PR em 2006 e para o Santos em 2004. Em 1999, o Tricolor da Vila Capanema disputou a Copa Conmebol, competição que durou de 1992 e 1999. Na primeira fase, eliminou o San Lorenzo, do Paraguai, e avançou às quartas de final, quando acabou perdendo para o Talleres, da Argentina, na decisão por pênaltis.

ATLÉTICO CONTRA A DUPLA PARATIBA

Participações
Atlético 12 = 5 Libertadores + 7 Sul-Americanas
Paratiba 11 = 3 Libertadores + 7 Sul-Americanas + 1 Copa Conmebol

Vitórias
Atlético 35
Paratiba  16

Aproveitamento de pontos
Atlético 52,5%
Paratiba 41,3%

Resumo
Atlético 119 pontos 76 jogos
Paratiba 57 pontos em 46 jogos

Melhores campanhas
Atlético na Libertadores: vice em 2005
Atlético na Sul-Americana: semifinal em 2006
Coritiba na Libertadores: fase de grupos
Coritiba na Sul-Americana: quartas em 2016
Paraná na Libertadores: oitavas em 2007
Paraná na Sul-Americana: 1ª fase (2004 e 2006)
Paraná na Copa Conmebol: quartas (1999)

DESTAQUES DOS EDITORES