Assine e navegue sem anúncios [+]
Protesto

Feirantes do Largo da Ordem fazem manifestação por retomada

Os feirantes do Largo da Ordem, em Curitiba, promoveram hoje um protesto, em frente ao Cavalo Babão, na Praça Anita Garibaldi. Eles querem voltar a trabalhar, como outras atividades do comércio. Eles reclamam que estão sem trabalhar por mais de 120 dias, enquanto as feiras livres podem funcionar de segunda a sexta-feira. A Prefeitura fez um site para que os feirantes vendessem os seus produtos, mas, segundo eles, não teve o resultado esperado.

Fabiano Neras é feirante do Largo da Ordem há cinco anos e lembra que 1300 famílias estão sem renda há praticamente cinco meses. "A nossa feira foi a primeira a ser fechada e de lá para cá estamos esperando que possamos voltar tomando com os cuidados necessários. As feiras livres já voltaram, os shoppings já voltaram e nós, que estamos ao ar livre, não podemos voltar?", disse ele à reportagem do Bem Paraná.

Ela ressaltou que o protesto é pacífico com todos de máscara e com distanciamento social: "Assim como queremos que a feira do Largo da Ordem volte, com segurança. Queremos chamar a atenção na Secretaria de Estado da Saúde".

Assine e navegue sem anúncios [+]

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. OK