Quarto trimestre de 2020

Gasto das classes C e D no Paraná cresce 23%, diz pesquisa

Supermercado, transporte e roupas ajudaram
Supermercado, transporte e roupas ajudaram (Foto: Divulgação/SMCS)

A primeira edição da Pesquisa de Hábitos de Consumo das Classes C e D da Superdigital, fintech do Grupo Santander, aponta que os brasileiros gastaram 9% a mais no 4º trimestre de 2020 sobre o trimestre anterior. No Paraná, o avanço foi de 23% na mesma base de comparação.

Os gastos que mais cresceram foram com Transporte (23%), Supermercados (16%), Loja de roupas (11%) e Restaurantes (5%). Na outra ponta, houve um recuo nos gastos com Companhias aéreas (-33%), Diversão e Entretenimento (-24%), Serviços (-17%) e Telecomunicações (-12%).

“Os dados apontam para uma recuperação no nível de consumo das famílias das classes C e D, ajudada pelo pagamento das últimas parcelas do auxílio emergencial e 13º salário”, afirma Luciana Godoy, CEO da Superdigital no Brasil.

O levantamento também apresenta dados sobre o comportamento de compras. Nos três últimos meses de 2020, as compras online recuaram em quase todos os itens. Vale destacar a queda de 13% em Serviços e 5% em Restaurante. Ou seja, no 3° trimestre as pessoas estavam consumindo mais pela internet.

“É importante notar também que, com abertura gradual do comércio, houve um acréscimo nas compras físicas em detrimento do e-commerce, fato já esperado. Mas podemos notar que o recuo não foi tão grande, e parte substancial do consumo ainda permanece pelas vias online, o que mostra que a mudança de comportamento foi mesmo acelerada pela pandemia e as compras em e-commerce vieram para ficar”, explica a executiva.

O retorno do pagamento do auxílio emergencial ainda está em discussão no Congresso.