Comporte-se

O que é ser mãe para você? Confira um pequeno autorretrato

Mães demonstram seus papéis de formas diferentes.
Mães demonstram seus papéis de formas diferentes. (Foto: Montagem com fotos Pexels.)

Mãe é a cuidadora raiz das nossas vidas. Aliás, o meio da vida. Na educação, a principal criadora das nossas crenças. No entanto, são mulheres cheias de humanidade e com isso, erros, acertos, dúvidas, paranoias, controle, cuidado, todas as emoções intrínsecas de uma pessoa. 

A cultura e a história colocaram a mãe num patamar endeusado, criaram um verniz de perfeição e sabedoria natural. Mães agem muitas vezes por repetição daquilo que aprenderam, entretanto, muitas e muitas mães estreitam seus laços com os filhos de outra forma: sem autoridade, mas respeito e aprendizado mútuo.

Nas redes sociais, perguntei “o que é ser mãe para você?” - para um pequeno autorretrato do que cada uma deles acha de si. Acompanhe:

“Ser mãe é me superar e aprender alguma coisa nova todos os dias ... aqui em casa é assim hahaha não tem moleza”. 

“Para mim ser mãe é como uma colcha de retalhos e cada pedacinho representando sentimentos, emoções, tentativas, conhecimentos, atitudes, esperanças, cada um unido ao outro com um amor imenso”.

“Ser mãe, agora, é só curtir a profunda ligação amorosa que temos, meus filhos e eu, além de amplificar esse amor com os netos. E uma preocupaçãozinha vez ou outra, porque filho sempre dá”.

“Sabemos o que é ser mãe quando estamos exaustas e, de repente, caídas no sofá quase jogando tudo pro alto, escutamos:"mãããe".

E a gente se renova, levanta e segue lutando.

Tudo por eles”.

“Ser mãe é o sinal do amor de Deus em minha vida”.

“Ser mãe é ser capaz de cuidar, proteger e amar, de forma incondicional, as duas preciosidades que Ele me emprestou”.

“Ser mãe é ensinar e aprender. É crescer junto do seu filho. É amar incondicionalmente. É se alegrar e sofrer junto dos filhos. É amor”.

“Ser mãe é entrega e amor incondicional”

“Ser mãe é um amor sem limites, sem regras, sem ponderações. É ensinar e aprender o tempo todo, é manter a mente aberta e alerta sempre”.

“Me tornar desnecessária, dia a dia, com muito cuidado e carinho”.

“Mãe sempre coloca o filho em primeiro plano, mas jamais admite ao próprio”!

“Ser mãe é um caminho sem volta, cheio de alegrias, responsabilidade e também de muita preocupação. Amor Ágape”!

*Ronise Vilela é criativa de conteúdos de Comunicação Afetiva e Psicanalista Integrativa. Atende pacientes on-line com terapia que inclui escuta ativa, respiração consciente, Escrita Afetiva e meditação fácil.

Contatos via WhatsApp AQUI

Siga nosso conteúdo no Instagram @ronisevilela

Essa coluna tem o apoio da Consonare - maior plataforma de Terapias Integrativas da América Latina.