Para os homens, a vida começa aos 54, aponta pesquisa

Enquanto as mulheres entram na menopausa, os homens entram na vida adulta. É o que mostra uma pesquisa feita pelo Centro Crown Clinic, em Manchester, na Inglaterra, que aponta que é apenas aos 54 anos que os homens crescem e começam a aproveitar a vida como adultos de verdade.

O estudo, feito com mil homens, apontou qual idade em que os homens se sentiam resolvidos e seguros. A pesquisa sugere que a geração atual leva mais tempo que as passadas para atingir este estágio, com diversos fatores influenciando, como as pressões financeiras e a paternidade adiada – hoje, terços dos bebês nascem de pais com mais de 30 anos.

Diferentemente do que diz o ditado popular, aos 40 anos os homens ainda não deixaram para trás suas inseguranças juvenis, como imperfeições físicas, problemas com dinheiro e solidão. Envelhecer não deixa amadurecer: medos como o de não conseguir adquirir a primeira casa, perder o cabelo (ou eles ficarem grisalhos, queixos duplos e ficar desempregado foram alguns dos medos citados.

Estamos vivendo muito mais e, com os custos de vida aumentando e a paternidade sendo adiada, homens inevitavelmente levam mais tempo para se sentirem resolvidos, comenta Asim Shahmalak, da Crown Clinic.

Vale, contudo, lembrar a frase de Millôr Fernandes (1923-2012): Esta é a verdade: a vida começa quando a gente compreende que ela não dura muito.