Publicidade
Sicupira e Kruger

Campeonato Paranaense homenageará a ídolos de Atlético-PR e Coritiba

(Foto: Divulgação/ Coritiba)



CURITIBA, PR (UOL/FOLHAPRESS) - O Campeonato Paranaense de 2019 irá homenagear duas lendas de Atlético-PR e Coritiba, colocando os nomes de Barcímio Sicupira e Dirceu Kruger nas taças dos dois turnos da competição, anunciou a FPF (Federação Paranaense de Futebol) nesta terça-feira (23).

Sicupira é o maior artilheiro da história do Atlético, enquanto Kruger está no Coritiba há 52 anos, como jogador, técnico e gerente. "É com grande alegria que nomeamos as taças do campeonato do ano que vem com dois grandes ídolos do nosso futebol. Quando começamos a planejar a competição já escolhemos os nomes e temos certeza de que será uma grande homenagem", afirmou o presidente da FPF, Hélio Cury, em nota oficial.

O primeiro turno se chamará Taça Barcímio Sicupira Jr., enquanto que o segundo turno receberá o nome de Taça Dirceu Kruger.

O Estadual de 2019 marcará também a maior presença da história do estado de clubes em alguma divisão nacional. Das 12 equipes que disputarão o torneio, 8 estarão envolvidas no Brasileiro do próximo ano em alguma série. Atlético, Coritiba, Londrina, Operário e Paraná estarão entre Séries A ou B, enquanto que Cianorte, Maringá e Foz do Iguaçu disputarão a Série D.

Campeão em 2018, o Atlético já anunciou que irá repetir a estratégia de mandar à campo um time sub-23. O clube também não acertou a venda dos direitos de transmissão pela TV para o próximo ano. Algumas negociações ainda estão em andamento.

Ainda com chances de acesso para a Série A, Londrina e Coritiba podem reforçar a presença dos paranaenses na elite ou disputarem um mini-estadual na Série B, que já conta com a presença do Operário, campeão brasileiro da Série C, e pode contar também com a do Paraná Clube, virtualmente rebaixado da primeira para a segunda divisão nacional.

O campeonato será disputado em dois turnos. O primeiro prevê confrontos dos times de um grupo contra o outro, com semifinais e final em jogo único com mando do time de melhor campanha no turno.

No segundo, os times se enfrentam dentro da própria chave, enfrentando semifinais e final em cruzamento olímpico: o primeiro de um grupo enfrenta o segundo do outro, em jogo único, com mando de campo para a melhor campanha no turno.

Se uma mesma equipe vencer os dois turnos, será declarada campeã; se houver dois campeões de turno diferentes, haverá final em dois jogos, com o retorno na casa do time de melhor campanha no geral.

O rebaixamento de duas equipes também será na soma geral de pontos, salvaguardando os finalistas do campeonato.

O campeonato terá início em 20 de janeiro e, se necessário, as finais serão em 7 e 14 de abril. Do contrário o torneio se encerra em 3 de abril, data prevista para a final do segundo turno. Poderão ser 15 ou 17 datas até que se conheça o campeão.

A FPF confirmou que haverá limite de inscrições de 30 atletas por clube. A definição dos grupos foi pela classificação do torneio em 2018, com o A contando com o campeão e as posições ímpares, incluindo o campeão da Série B local, o Operário. O grupo B, por sua vez, tem os demais clubes na mesma lógica, em posições pares.

 

Os grupos do Paranaense 2019:

A: Atlético-PR (campeão 2018), Foz do Iguaçu, Maringá, Londrina, Toledo e Operário;

B: Coritiba (vice-campeão 2018), Paraná, Cianorte, FC Cascavel, Rio Branco e Recreativo Cascavel.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES