Santo André 1 x 1 Paraná

Presidente paranista comenta situação financeira do clube e fala em 'reforços pontuais'

(Foto: Arquivo Bem Paraná/ Franklin de Freitas)

O Paraná Clube segue invicto na Série D do Campeonato Brasileiro. Neste sábado (4 de junho) o time paranista empatou fora de casa contra o Santo André, em 1 a 1, aproximando-se mais um pouco da classificação para o mata-mata da competição nacional. E depois da partida no estádio Bruno José Daniel, o presidente paranista, Rubens Ferreira Silva, conversou com algumas emissoras de rádio, comentando sobre a situação financeira do clube e a busca por reforços para a sequência da temporada.

Segundo Rubão, a equipe do Tricolor está bem entrosada e tem dado alegria à torcida. Ainda assim o clube segue de olho no mercado de transferência e pensa em trazer alguns reforços para a disputa do mata-mata da quarta divisão. “Estamos monitorando o mercado, dentro das nossas possibilidades, e a partir da segunda fase devem vir reforços pontuais. Passando de fase, temos de buscar resultado e provavelmente vamos buscar reforços”, disse o mandatário.

Ainda segundo Rubão, a boa fase da equipe dentro de campo traz “bastante alento” à diretoria, após um péssimo começo de ano do clube, que acabou rebaixado à segunda divisão do Campeonato Paranaense. Além da classificação para a segunda fase da Série D, o Paraná tem como meta alcançar em breve a marca de 10 mil sócios, o que traria maior estabilidade financeira à gestão, que hoje “tem de ficar escolhendo qual conta vai pagar”, nas palavras do presidente.

“Estamos trabalhando para que isso não aconteça [atraso salarial]. Antigamente falávamos que o ano do Paraná acabava em agosto, porque ficava salário atrasado, 13º e férias para pagar no outro ano. Estamos trabalhando com pés no chão para que isso não aconteça. A situação financeira não é das melhores, mas estamos trabalhando para que isso não nos prejudique.”