Praias 

Temporada começa com vários casos de afogamento no Litoral do Paraná

(Foto: Corpo de Bombeiros do Paraná)

Dois adolescentes, de 15 e 17 anos, desapareceram no mar entre os balneários Guarapari e Ipanema, em Pontal do Paraná, no Litoral paranaense, por volta das 14h30 desta quarta-feira (26). Os dois estavam em uma espécie de bóia grande quando se desequilibraram e caíram na água. Equipes do Corpo de Bombeiro fizeram buscas na região. Uma aeronave do Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas (Bpmoa) ajudou nas buscas. O trecho onde os jovens desapareceram não conta com guarda-vidas, mas estava sinalizado para que não entrassem na água.

Segundo a comunicação da Operação Verão, corpo de uma das vítimas foi encontrada no Balneário Ipanema por volta das 17 horas. Os adolescentes moravam em Campina Grande do Sul, na Região Metropolitana de Curitiba.

O caso dois adolescentes somam-se a outros já registrados desde o início da temporada, na sexta-feira da semana passada. No dia do lançamento da Operação Verão, um senhor de 51 anos morreu afogado depois de ser arrastado por uma enxurrada e cair em um rio em Guaraqueçaba. No sábado, um jovem desapareceu no mar em Caiobá. Seu corpo só foi encontrado no domingo. Também no domingo, um banhista de 45 anos precisou ser socorrido depois de se afogar em Guaratuba.

No ano
Dados levantados pelo Bem Paraná junto ao Sistema Digital de Dados Operacionais do Corpo de Bombeiros (SYSBM-CCB), apontam que tragédias desse tipo foram comuns no Paraná neste ano. Até o dia 19 de novembro, foram 101 óbitos por afogamento em 696 ocorrências registradas em todo o Estado. O número é 13,5% superior ao registrado no mesmo período do ano passado, quando os bombeiros registraram 89 mortes em 1.608 atendimentos.

A recomendação dos bombeiros é jamais tomar banho em mar, rios ou lagoas onde não exista a proteção de salva-vidas.