Publicidade
Coritiba 1 x 2 Atlético-GO

William Matheus e Rafinha são os únicos que 'se salvam' em manhã ruim para o Coxa

Rafinha tentou, mas não contou com a ajuda dos colegas para fazer o Coxa voltar a vencer
Rafinha tentou, mas não contou com a ajuda dos colegas para fazer o Coxa voltar a vencer (Foto: Valquir Aureliano)

Técnico do Coxa diz que não é hora de 'fazer caça à bruxa'

Coritiba perde no Couto para o Atlético-GO e diz adeus à vice-liderança

ATUAÇÕES INDIVIDUAIS

Alex Muralha (5,5)
Não teve culpa no primeiro gol, mas foi mal ao espalmar cabeceio no lance do 2º.

Diogo Mateus (
5,5)
Arriscou sete cruzamentos. Errou seis. E o primeiro gol saiu pelo seu lado.

Walisson Maia (
5,5)
Sofreu com a desorganização do time. Saiu de campo lesionado.

Patrick Brey (5,5)
Entrou na volta do intervalo.
Uma boa chance em seu primeiro lance. E mais nada.

Sabino (
5,5)
Desviou o chute de Moacir que acabou resultando no 1º gol do jogo.

William Matheus (
6,0)
Evitou um chute perigoso aos 14-1º. Sofreu pênalti (não assinalado) aos 16-2º.

Matheus Sales (
5,5)
Jogando com zagueiro, melhorou a saída de bola do Coritiba na 2ª etapa.

Juan Alano (
5,0)
Perdeu seis vezes a posse de bola e pouco ajudou na construção de jogadas.

Nathan (6,0)
Entrou aos 17-2º.
Participou do lance do gol de Rafinha.

Thiago Lopes (
5,0)
Criou um bom lance aos 40-1º. Fora isso, não apareceu.

Rafinha (
7,0)
Arriscou alguns lances individuais e marcou o ‘gol de honra’ do Coxa.

Giovanni (
5,5)
Apagado na primeira etapa. Depois, jogando como volante, participou mais.

Wellissol (5,0)
Entrou aos 26-2º.
Participou do início da jogada do gol coxa-branca.

Rodrigão (
6,0)
Uma bola na trave, outra chance desperdiçada e participação no gol de Rafinha.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES