Um passeio pela história

15/05/13 às 00:00 Por Rodrigo Browne - naesquinadomundo@gmail.com

Férias na Europa. Parou em Londres? Não pense duas vezes comece sua visita na cidade pelo Museu Britânico. Com mais de 250 anos de existência o local abriga mais de 13 milhões de objetos de todos os continentes, ilustrando e documentando a história da cultura humana de seus primórdios até o presente. É difícil destacar o que é mais importante nessa coleção, mas o site do museu dá algumas dicas (www.britishmuseum.org/visiting/planningyourvisit.aspx) para quem está com pressa e pretende ficar apenas uma hora, três horas ou para o turista que vai acompanhado com crianças. Uma unanimidade nesses programas é a “Pedra de Rosetta” que foi a chave para a descoberta da linguagem dos hieróglifos.

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

O Museu é dividido pelas seguintes galerias: Américas, Egito Antigo, Roma Antiga e Grécia Antiga, Ásia, Oriente Médio, Europa, África e Exposições temporárias. A coleção egípcia é suntuosa com as múmias milenares, tem também armaduras de samurais, objetos chineses, estátua da Ilha de Páscoa, peças da Acrópole de Atenas, esculturas romanas, chinesas, indianas e muitas antiguidades, que normalmente são ilustradas nos livros de história, estão lá expostas.

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *



Aberto em 15 de janeiro de 1759, após a aprovação do rei Jorge II em 1753, o Museu Britânico foi o primeiro grande museu público, gratuito, secular e nacional em todo o mundo. Ao ser fundado, o Museu Britânico reuniu três coleções: a Cottonian Library, coleção de manuscritos medievais de Sir Robert Cotton (1570-1631), os manuscritos da coleção do Conde de Oxford, Robert Harley (1661-1724) e a enorme coleção de Sir Hans Sloane (1660-1753), composta de antigüidades clássicas e medievais, moedas, manuscritos, livros, quadros e gravuras, além das peças que formariam o núcleo central do Departamento de História Natural do Museu Britânico.

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *



O Museu Britânico tem entrada gratuita, exceto no caso de algumas exposições temporárias especiais. Ele também conta com um serviço educativo responsável por apresentações didáticas da coleção para escolas, famílias e adultos. Oferece também um curso de pós-graduação sobre arte clássica e decorativa da Ásia.

Serviço
O British Museum fica Great Russell Street, London, WC1B 3DG. Para lá chegar, o melhor é ir de metro. As estações mais perto são: Holborn (7 minutos a pé), Tottenham Court Road (6 minutos a pé), Russell Square (10 minutos a pé) e Goodge Street (13 minutos a pé). O museu funciona diariamente, das 10h às 17h. Nas sextas, até as 20h30

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *******
Rodrigo Browne
naesquinadomundo@gmail.com

1 Comentário

Você precisa acessar o seu perfil para comentar nas matérias.

mario dos santos
mais e nada ver esses comentarios
Últimas de Na esquina do mundo
Na Esquina do Mundo Pulmão carioca
Na Esquina do Mundo Turismo, arte e meio-ambiente
Na Esquina do Mundo O Rei Leão na Terra da Garoa
Blogs
Ver na versão Desktop