Ricardo Barros critica prisão de Maluf e acusa STF de ‘jogo político’

02/01/18 às 14:45 Redação Bem Paraná com informações do G1
Barros: ministro paranaense acusa MP e Judiciário de determinarem prisões em retaliação a discussão sobre abuso do poder no Congresso

O ministro da Saúde e deputado federal paranaense Ricardo Barros (PP), criticou a prisão do deputado federal Paulo Maluf (PP-SP) na véspera do recesso e acusou o Judiciário de fazer “jogo político” contra o Congresso. Em entrevista ao blog da jornalista Andréia Sadi, do G1, o ministro, que é do partido de Maluf, afirmou que com a decisão, o Supremo Tribunal Federal deixou o parlamentar “pendurado” até fevereiro, quando o Judiciário retorna do recesso de final de ano e deve julgar os recursos da defesa.

Leia mais no blog Política em Debate.

 

0 Comentário

Você precisa acessar o seu perfil para comentar nas matérias.

Blogs
Ver na versão Desktop