Junte-se a líderes.Troque ideias. Entre em ação!

Violência contra mulher

Agosto reforça a importância do combate à violência contra mulher

Lei Maria da Penha instituiu mecanismos para reduzir e prevenir a violência doméstica e familiar contra mulheres de todo o Brasil e, no dia 07 de agosto de 2021, completou 15 anos.

Para marcar a data, criou-se a campanha “Agosto lilás” que almeja alertar a sociedade sobre a importância da prevenção e do combate à violência contra a mulher.

O objetivo desta campanha é estimular denúncias de agressão contra as mulheres, incluindo-se neste rol todo o tipo de agressão, sejam elas físicas, sexuais e psicológicas.

Muitas mulheres vivem em relacionamentos abusivos e, por não terem apoio da família, amigos e da própria sociedade, sentem-se desprotegidas de inúmeras formas.

Por muitas vezes convivem com o parceiro agressivo, por não terem uma forma de renda que possa suportar sua subsistência e, muitas vezes, o sustento de seus filhos. Acabam, por fim, aceitando as agressões, por medo de represálias do parceiro (a) ou de este (a) possa fazer algo contra sua família também.

Rotary por ser uma instituição humanitária, possui o privilégio de se manifestar e produzir projetos que possam auxiliar na conscientização da sociedade contra as abusividades sofridas às mulheres de todo o mundo, criando projetos que despertem um olhar crítico e de suporte a esta causa.

O problema de violência à mulher é mundial, infelizmente, e para demonstrar as várias formas de conscientização e projetos formulados pelo Rotary, oportuno citar os projetos dos Rotary Clubs da Austrália que efetivaram uma campanha em várias comunidades com apelos diferenciados para cada uma na tentativa de resgate não somente das mulheres, mas também das famílias e dos homens ofensores.

O Rotary Club de Maryborough, na Austrália, por exemplo, criou a campanha “fale abertamente!“ #SayNO2familyviolence, que promove um debate com a comunidade por meio de mídias sociais, folhetos e cartazes promocionais, oferecendo aos membros daquela região  um grande desempenho na resolução deste problema social.

Para divulgar a mensagem, o clube teve como público alvo os principais influenciadores culturais e comportamentais da comunidade, principalmente os clubes esportivos que apoiaram a campanha, promovendo um campeonato, realizado recentemente, cujo lema foi #SayNO2familyviolence – Diga Não à Violência Doméstica!

A campanha fez uma grande diferença na comunidade: aumentou-se o número de denúncias contra a violência doméstica, bem como promoveu na sociedade uma maior discussão sobre o tema.

Já o Rotary Club de Brighton, fez uma campanha muito interessante e audaciosa, efetivou um programa online que está ajudando homens abusivos a aprender novas maneiras de lidar com a ira, mantendo relacionamentos pessoais mais agradáveis e positivos.

O Programa de Mudança de Comportamento Masculino, instituído pela organização Famílias Livres da Violência da Austrália, consiste em um planejamento interativo para homens que não podem ou se recusam a participar de sessões de aconselhamento pessoal, devido à horários de trabalho conflitantes ou de constrangimento, trazendo um apoio psicológico para que os mesmos possam modificar suas atitudes e tentar melhorar seu comportamento perante à sociedade.

O Rotary se preocupa com problemas sociais de impacto e, sendo que a violência contra a mulher é um problema mundial, socorre-se aos nossos olhos e ouvidos a necessidade de expandir projetos que promovam a conscientização da população para sua gravidade.

As campanhas feitas, como o Agosto Lilás, tem o objetivo de dar o estímulo necessário para que a mulher, vítima da violência, denuncie o agressor e dessa forma, possa deixar esse ciclo de violência.

Atenção agressores estamos de olho! O Rotary não se cala às desmazelas da sociedade. A violência contra mulher é algo ainda muito presente em nossas vidas e no meio em que estamos todos inseridos.

Camila Luz é advogada, especialista na área previdenciária, mãe do Júlio César e rotariana.

 Para conhecer mais sobre o Rotary acesse o site rotary4730.org.br ou siga a organização nas redes sociais @Rotary4730