Mercado da bola

Athletico insiste em atacante do Botafogo e Petraglia nega negociação por Thonny Anderson

(Foto: Vitor Silva/ Botafogo)

Depois de anunciar a polêmica contratação do lateral-direito Marcinho, o Athletico segue firme no mercado em busca de reforços que possam ajudar a recolocar o clube como protagonista no cenário nacional. A bola da vez na Arena da Baixada é o jovem atacante Matheus Babi, que na última temporada foi um dos poucos destaques do clube da estrela solitária, com 34 partidas disputadas no Brasileirão (21 como titular) e 10 gols marcados. E a novidade é que a novela envolvendo o futuro do atleta pode estar perto do fim.

Aos 23 anos, o atacante pertence ao Serra Macaense e está por empréstimo no Botafogo, que tem direito a 40% do valor pago por uma transferência do atleta (taxa de vitrine). Além do Athletico, o Fluminense é outro interessado no jogador e os dois clubes, inclusive, já teriam apresentado ofertas.

O Furacão tenta adquirir 60% dos direitos econômicos de Babi, enquanto o Fluminense fez uma oferta por 25% dos direitos. Segundo o GloboEsporte.com, ao jogador agrada tanto uma transferência para Curitiba como a permanência no Rio de Janeiro, mas vestindo outra camisa, a tricolor. Caberá, então, ao Serra Macaense decidir qual a proposta que mais agrada, o que deve acontecer em breve.

Negociação por Thonny Anderson é 'fake news'

Outro nome que estaria n radar atleticano é o de Thonny Anderson, de 23 anos e que atualmente defende o Red Bull Bragantino. O meia-atacante teve boa passagem pelo Athletico em 2019, quando disputou 26 jogos, marcou três gols e fez parte do grupo campeão da da Copa do Brasil.

Em entrevista ao Globo Esporte, porém, o presidente do Athletico, Mario Celso Petraglia, classificou como "fake news" a possível negociação pelo atleta.