Coritiba 0 x 1 Athletico

Felipão reconhece que Coritiba foi superior, mas exalta espírito do Athletico

Felipão no Couto Pereira: técnico reconheceu superioridade do Coxa na partida
Felipão no Couto Pereira: técnico reconheceu superioridade do Coxa na partida (Foto: Valquir Aureliano)

O técnico Luiz Felipe Scolari reconheceu na noite deste domingo (19 de junho) que o Coritiba foi superior ao Athletico no clássico disputado no Couto Pereira, mas também tratou de exaltar o espírito do grupo athleticano, em especial e a união e entrega dos jogadores da equipe rubro-negra, que conseguiu de maneira heroica arrancar uma vitória na casa do adversário.

Segundo Felipão, quem teve mais possibilidade de vitória no jogo foi o Coxa, pelo que fez em campo. "Nós  sabemos reconhecer a equipe do Coritiba, sabemos valorizar, mas pelo espírito, pela boa vontade, pela disciplina, por uma série de fatores, conseguimos a vitória, que é o que mais interessa num jogo de futebol. São três pontos importantes, que podem nos dar uma situação muito boa para o futuro. Pretendemos jogar contra o Bahia (pela Copa do Brasil) e passar, jogar pelo Libertad (pela Copa Libertadores) e passar, e ter daí lá na frente uma gordura para queimar", disse o treinador athleticano.

LEIA MAIS SOBRE A PARTIDA: 

RELATO DO JOGO: Athletico vence clássico com gol no fim e fica por cima. Coritiba cai na tabela e se aproxima da ZR

ATUAÇÕES DO COXA: Thonny Anderson e Igor Paixão se destacam no clássico, mas falta de pontaria compromete boa exibição do Coxa. Confira as atuações do Coxa

ATUAÇÕES DO ATHLETICO: Vitor Roque muda destino do Athletiba em pleno Couto Pereira. Confira as atuações do Athletico

PÓS-JOGO DO COXA: Arbitragem no clássico revolta técnico e jogadores do Coritiba; Morínigo diz que sentimento no clube é 'de tristeza'

Ainda segundo o treinador, o grupo de atletas do Furacão trabalha com toda vontade possível e tem compreendido cada vez mais que o Athletico "é um clube muito bom, médio-grande e que poderá se tornar grande pelos projetos" que tem. Além disso, também ressaltou que a equipe não pode se acomodar ou estar satisfeita com o bom momento na temporada, com uma sequência de nove jogos sem derrotas.

"A gente nunca pode estar satisfeito, sempre temos que exigir mais. Mas eu posso dizer a você que, por tudo aquilo que a gente tem, faz, sonha e busca nos treinamentos, estou super satisfeito com esse grupo. Já trabalhei em clubes diferentes e a vontade, a disciplina, a união dos mais jovens com os mais velhos, fazia muito tempo que eu não via."