Publicidade
Profissões criativas

Curso de Técnico em Eventos: uma boa para quem quer mudar de área

Eventos e cerimoniais exigem inovação, planejamento e coordenação.
Eventos e cerimoniais exigem inovação, planejamento e coordenação. (Foto: Divulgação)

Relançado recentemente, o Curso de Técnico em Eventos voltou com nova composição na grade, incluindo práticas atualizadas ao mercado e às novas tecnologias. O técnico em eventos é o profissional que atua em prospecção, captação, planejamento, coordenação e execução dos serviços de apoio técnico e logístico de eventos e cerimoniais, utilizando o protocolo e a etiqueta formal nessas construções. Além disso, identifica equipamentos, recursos humanos e serviços necessários. Na Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR), o curso tem duração de três semestres e é ofertado no período noturno. Os alunos contam com salas de aula equipadas com multimídia, laboratórios de informática, biblioteca com acervo atualizado, ampla área de convivência e professores altamente qualificados e com vivência de mercado.

A coordenadora do curso técnico, Samira Fajardo, afirma que a grade foi readequada ao contexto tecnológico. “É uma formação para atuar na prospecção, planejamento, coordenação e execução de apoio técnico e logístico de eventos. Utiliza protocolo, etiqueta formal para essa atividade, captação de recursos humanos, técnicos, logísticos. Também uso de tecnologia adequada. Há uma disciplina, por exemplo, voltada justamente à inovação e empreendedorismo. É sobre como acompanhar o contexto tecnológico aplicado ao ramo dos eventos, seja na questão de aplicativos para gerenciamento de eventos, plataformas, fotografia, imagem, redes sociais”, explica.

Mais profissões criativas: saiba porque a gastronomia não se resume apenas a produzir um bom prato

São poucos os cursos relacionados em Curitiba. Samir explica que a demanda havia caído e agora voltou a subir. “Nesse semestre estamos reabrindo o curso de técnicos de eventos. Agora os cursos voltaram a ser procurados. Quem procura geralmente são pessoas que querem mudar de área e também quem trabalha em algum nicho que abrange o assunto, mas que não é específico. Então, a pessoa se especializa para poder coordenar a área”, afirma.

A promotora Kenya Chihaya é egressa de uma turma de 2015. Segundo ela, a diversidade de profissionais está entre as principais vantagens. “Trabalho na área desde 2008 como promotora. Há alguns anos comecei a trabalhar como freelancer e eu queria mais base técnica e conteúdo. No geral, a nossa turma era bem mista e foi possível entender e trocar experiência com outros alunos. E a parte de conteúdo sobre contratos, legislação também foram bem úteis. Geralmente quem é freelancer já chega e está tudo pronto. Então, foi importante aprender as normas, regras e protocolos”, conta.

Onde cursar Técnico em Eventos em Curitiba

PUC-PR

Quando: as aulas começam dia 25 de julho
Duração: três semestres
Quanto: R$ 371,00 por mês

O ‘BEM PARANÁ’ publica diariamente, de hoje até o dia 9 de julho, a série Profissões Criativas, com o objetivo de mostrar ao leitor uma nova visão e oportunidades no mercado de trabalho.
Textos: Narley Resende
Edição: Lycio Vellozo

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES