Publicidade
Série B

Coritiba terá mudança na escalação para o jogo de segunda-feira

Coritiba terá mudança na escalação para o jogo de segunda-feira
Treino do Coritiba dessa quinta-feira (Foto: Divulgação/Coritiba)

O Coritiba volta a jogar na próxima segunda-feira (dia 9) às 18 horas, em Campinas, contra o Guarani. Mais uma vez o técnico Eduardo Baptista será obrigado a modificar a escalação. O lateral-direito Leandro Silva levou o terceiro cartão amarelo e está suspenso. A principal opção para o lugar dele é o volante Vinícius Kiss, que também atua improvisado na lateral. Outra alternativa seria Carlos César, que segue no departamento médico e ainda não estreou pelo clube.

“O substituto imediato é o Kiss. O Rodrigo (Ramos) é um atleta que vem de uma boa recuperação. A gente quer dar mais um tempo, ver ele jogar. Ele deve servir a equipe de aspirantes no Atletiba”, explicou Baptista.

O técnico pode fazer outras modificações. O zagueiro Thalisson Kelven e o volante Simião cumpriram suspensão na última rodada – vitória por 2 a 0 sobre o Paysandu. A tendência é que Thalisson Kelven volte como titular, mas Simião comece no banco.

O lateral William Matheus desfalcou o time contra o Paysandu devido a dores musculares. Ele treinou normalmente nessa quinta-feira e, com isso, tem chances de enfrentar o Guarani.

Outra novidade será no banco de reservas. O centroavante Jonatas Belusso, que estava encostado no Vitória, teve o contrato registrado no BID e pode estrear contra o Guarani. “Ele vem de uma lesão pequena. Dias atrás estava num período de transição e chegou treinando normalmente. Se pudermos contar 20 minutos com ele é um atleta que eu tenho intenção de levar (para Campinas) e contamos com ele. Mas vamos ter cuidado para não arriscar tanto”, explicou Baptista.

Com isso, a provável escalação para segunda-feira, no esquema tático 4-2-3-1, é: Wilson; Vinicius Kiss, Thalisson Kelven, Alex Alves e Chiquinho (William Matheus); Vitor Carvalho e Uillian Correia; Guilherme Parede, Yan Sasse (Simião) e Alisson Farias; Pablo Thomaz.

DESTAQUES DOS EDITORES