Publicidade

Perseguida no Facebook, menina de 12 anos comete suicídio

No dia 9 de setembro, Rebecca Sedwick, de 12 anos, pulou de uma torre em Lakeland, nos Estados Unidos, e morreu. A jovem era vítima de ciberbullying (perseguição online) desde dezembro do ano passado. Agora, duas adolescentes de 12 e 14 anos foram detidas por conta da perseguição, que teria começado após Rebecca começar a namorar o ex de uma das adolescentes apreendidas.

As duas meninas são acusadas de "perseguição agravada" a jovem de 12 anos. As adolescentes, que não tiveram o nome revelado, estudavam com Rebeca na Escola Crystal Lake e perseguiram a colega pelo Facebook. Na rede social, a menina que viria a se suicidar era alvo de mensagens com teor intimidatório e com ameaças de agressão física, segundo a polícia do Condado de Polk.

Para piorar, as duas meninas não apenas perseguiram Rebecca, mas também os amigos dela, que acabaram se afastando, deixando a garota isolada na escola.

Segundo informações do portal UOL, a garota de 14 anos chegou a enviar uma mensagem dizendo que Rebecca deveria morrer ou cometer suicídio. No dia 9 de setembro, a vítima realizou o desejo de sua carrasca, que antes de ser presa publicou uma mensagem no Facebook: Sim, eu persegui Rebecca e ela se matou, mas eu não ligo a mínima."

A jovem de 14 anos permanece sob custódia em uma prisão juvenil. Já a menina de 12 anos foi solta após ser fichada pela polícia.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES