Publicidade
Recuperado

Cachorro adotado por policiais ajuda no patrulhamento em Salvador

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O cachorro Barrito foi adotado por policiais em Salvador depois de aparecer, ainda filhote, em uma base móvel. Ganhou comida, carinho e acabou ficando. Virou mascote da 11ª Companhia Independente de PM e uma espécie de policial de quatro patas, que também atua no patrulhamento, ao lado dos militares.

Se cachorro adora passear –e de carro–, não é diferente com Barrito. Sempre que a equipe se prepara para a ronda, ele é o primeiro a entrar no veículo, segundo a Secretaria da Segurança do estado. Ele passa a maior parte do dia acompanhando os policiais, em locais turísticos da cidade –como Porto e Farol da Barra– e é conhecido por ambulantes, moradores e banhistas.

O animal, hoje com dois anos, mora na 11ª Companhia, onde tem uma caminha acolchoada, doada pelos PMs. Mas gosta mesmo de atuar na rua. “Ele só vem na base para comer e dormir. Após o descanso volta para os pontos de patrulhamento e segue com seu plantão junto aos militares”, diz a comandante da 11ª CIPM, major Patrícia Barbosa da Silva.

De acordo com a secretaria, o cãozinho nem sempre está para brincadeira e odeia confusão. “Uma vez atuamos para conter uma briga generalizada entre ambulantes, e Barrito ajudou controlando um dos agressores”, afirma Patrícia.

No Carnaval, quando as ruas da cidade ficam tomadas de gente, Barrito ganhou férias. Isso porque os policiais ficaram com medo que ele pudesse se machucar ou se perder no meio da multidão.

Os custos com alimentação, banhos e veterinários são divididos entre os policiais. “Ficamos sensibilizados por ser tão amigo e cuidadoso com a gente”, afirma a major, segundo a secretaria.

DESTAQUES DOS EDITORES