Publicidade
Novidade

Curitiba inaugura hoje a 1ª casa container de alto padrão

Será inaugurada nesta quarta feira (16) a primeira residência de alto padrão do Paraná construída com containers marítimos. A casa de 240 metros quadrados está localizada em um condomínio horizontal, no bairro Orleans, em Curitiba. Além do caráter ecológico, o menor tempo de  execução e o valor final do metro quadrado ser  20 % menor do que os métodos construtivos tradicionais, são os pontos positivos que ajudam a difundir esta nova técnica.

Desenvolvida pela empresa paranaense, Delta Containers, e com projeto arquitetônico assinado por Danilo Corbas, a  casa é formada por seis containers marítimos do tipo High Cube de 40 pés (12 m de compr.x 2,90m de altura), que foram modificados no terminal da empresa, em Campo Largo, recortados para criar portas e janelas, rebatidos (desamassados), e descarregados por um guindaste no terreno, já nas posições corretas para instalação.

A residência, que precisou apenas de 05 meses para ficar pronta, é distribuída em dois pavimentos, sendo 03 dormintórios ( 01 suíte), closed, banheiro social, sala de estar, sala de jantar e cozinha gourmet integradas, escritório,biblioteca,lavabo,churrasqueira, área de serviço e varandas.

Containeres - Em geral, seu uso comercial no transporte internacional é limitado entre sete e dez anos. Após esse prazo, os containers são descartados em locais próximos às zonas portuárias, expostos às intempéries e contínuo desgaste. São feitos em aço cortein e podem ser tratados e reutilizados, mas esses procedimentos não são usuais, pois é mais barato comprar um container chinês novo do que recondicionar os antigos. Residências, edifícios comerciais e residenciais, e até mesmo hotéis, feitos através da reutilização de containeres, são encontrados em países como a Inglaterra e a Holanda.

Materiais - Além de aproveitar material nobre descartado, o uso de contêiner gera economia de recursos naturais que não foram utilizados para a estrutura da casa, como areia, tijolo, cimento, água, ferro etc. Isso significa uma obra mais limpa, com redução de entulho e de outros materiais.

O peso leve da estrutura metálica possibilita o uso de sapatas isoladas, sem uso de armação ou ferragens.Paredes e forros em drywall combinados com o uso de lã de PET e de rocha contribuíram para menor quantidade de entulho na obra, uso de materiais recicláveis, e melhor desempenho termoacústico.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES