Luto

Dono de rede de supermercados da Grande Curitiba morre vítima da Covid-19

(Foto: Facebook)

Morreu na manhã desta terça (12) em Curitiba por complicações da Covid-19 o empresário Dionei da Silva, de 54 anos. Ele era proprietário da rede de supermercados Rio Verde e Harger Atacadista.

Ele estava internado na UTI do Hospital Nossa Senhora das Graças desde 5 de dezembro e ficou 35 dias entubado. A morte foi confirmada nas redes sociais do supermercado.  O empresário deixa esposa, dois filhos e uma neta.

O velório acontece desde as 14 horas, no Memorial Parque das Araucárias, no mesmo município e será aberto aos familiares, amigos, funcionários e à comunidade, seguindo as regras de distanciamento social e de prevenção ao coronavírus e só sera possível porque ele já tinha negativado para o vírus e morreu das complicações da doença. O sepultamento do corpo de Dionei será às 17h30 desta terça, no Cemitério São Gabriel, em Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC). 

"Com profundo pesar informamos o falecimento de Dionei da Siolva, neste dia 12/01/2021, às 6h21. Dionei permanecia internado desde o dia 5/12/2020 no HNSG, em Curitiba por um quadro grave de Covid.Gostaríamos de agradecer profundamente a todos que estiveram conosco durante esta dura batalha e pedir que em suas orações peçam a Deus para que o tenha perto de si e que cuide de todos os enfermos para que tão logo estejam livres desta terrível doença que nos aflige", diz nota publicada pela rede supermercadista no Facebook. Centenas de amigos, clientes e familiares manifestaram pesar pelas redes sociais. 

A rede Rio Verde tem 12 lojas em Curitiba, Colombo e Campo Largo.