Luciano Castán e Waguininho

Ainda sem conseguir renovar com seu segundo melhor jogador na Série B, Coxa vê vice-artilheiro dizer adeus

Waguininho comemora gol contra o Operário: vice-artilheiro do Coxa na temporada não ficará para 2022
Waguininho comemora gol contra o Operário: vice-artilheiro do Coxa na temporada não ficará para 2022 (Foto: Valquir Aureliano)

Com o fim da Série B e o acesso à primeira divisão do futebol brasileiro garantido, o Coritiba já aproveita a reta final de 2021 para começar o planejamento para a próxima temporada. E esta sexta-feira (3 de dezembro) foi marcada por uma importante despedida no Alto da Glória: o meia-atacante Waguininho, que tem contrato com o clube até o final do ano, não chegou a um acordo com o clube alviverde para renovar seu vínculo e deve buscar novos ares em 2022.

Segundo informações da jornalista Nadja Mauad, do GloboEsporte.com, a diferença entre o pedido do staff do atleta e a proposta feita pelo Coxa não é superior a R$ 15 mil. Além da questão de valores, porém, o tempo de contrato foi outra divergência importante durante as negociações.

Ao todo, Waguininho disputou 48 jogos com a camisa alviverde e marcou 11 gols. Na Série B, foi o 13º melhor jogador do Coxa, segundo o SofaScore (com nota média de 6,87 em suas atuações), com 34 partidas disputadas (29 como titular), nove gols marcados e duas assistências. Ele foi o vice-artilheiro do Coritiba na competição nacional, atrás apenas do atacante Léo Gamalho (que fez 16 gols).

Além do Coxa, que tentava renovar o contrato do meia-atacante, outras duas equipes que disputam a Série B e um outro clube do exterior já estariam de olho na situção de Waguininho.

Segundo melhor jogador alviverde ainda tem situação indefinida

Além de Waguininho, outro jogador cujo futuro ainda é incerto é o zagueiro Luciano Castán. Segundo o SofaScore, o defensor de 32 anos foi o segundo melhor jogador do Coxa na Segunda Divisão com nota média de 7,15 (inferior apenas à média de Léo Gamalho, de 7,18). Ele participou de 36 dos 38 jogos da equipe, todos como titular, anotou cinco gols e deu duas assistências.

A expectativa da diretoria coxa-branca é conseguir definir a situação do zagueiro até o começo da próxima semana.