Publicidade
Balanço

‘Ciclone bomba’ afetou 65 cidades e feriu 11 pessoas no Paraná, diz a Defesa Civil

Temporal teve 632 chamados de emergência na Capital
Temporal teve 632 chamados de emergência na Capital (Foto: Franklin de Freitas)

O temporal de terça-feira (30) atingiu 65 municípios paranaenses, conforme boletim da Coordenadoria Estadual da Defesa Civil do Paraná, publicado no final da tarde desta quarta-feira (1). Contudo, os dados do Interior continuam a chegar e os números sofreriam alteração. Ao longo de ontem, por exemplo, os boletins da Defesa Civil elevaram de 34 para os 65 os municípios afetados.

O temporal com rajadas de vento de até 120 km/h e chuva de granizo afetou 13.952 pessoas, sendo que 279 ficaram desalojadas e 208 permaneciam nesta situação até a noite de quarta-feira. Havia 19 desabrigadas. Eram registrados 11 feridos.

Em Curitiba, o balanço final da Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil apontava que foram registradas 632 solicitações para corte de árvore ou galhos grandes, por toda a cidade, e 77 destelhamentos. Guardas municipais prestaram o primeiro atendimento, nas mais diversas regiões, e agentes de trânsito ajudaram nas orientações aos motoristas.

Já os engenheiros e técnicos da Coordenadoria de Segurança de Edificações e Imóveis (Cosedi) estão fazendo vistorias em duas residências que foram atingidas com a queda de árvore, nos bairros Pilarzinho e Prado Velho, para verificar possíveis danos à estrutura dos imóveis. Também está sendo verificado um condomínio que sofreu com destelhamento no bairro Campo Comprido.

Campanha

A Coordenaria Estadual da Defesa Civil iniciou uma campanha para arrecadar produtos para as pessoas afetadas pelo temporal. Estão sendo arrecadados colchões, cobertores e produtos de higiene e limpeza.

As doações podem ser entregues em quartéis do Corpo de Bombeiros de todo o Paraná, respeitando-se os protocolos de segurança em relação ao coronavírus.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES