Publicidade
Série B

Coritiba sofre para vencer o lanterna e encerra jejum no Couto

Rafael Lima corre para comemora o primeiro gol do Coritiba na partida
Rafael Lima corre para comemora o primeiro gol do Coritiba na partida (Foto: Geraldo Bubniak)

O Coritiba venceu por 2 a 1 o Boa Esporte, nessa terça-feira (dia 4) à noite, no Couto Pereira, pela 25ª rodada da Série B. Os gols do time paranaense foram do zagueiro Rafael Lima e do ponta Guilherme Parede. Com o resultado, o Coxa ficou na 9ª colocação, com 36 pontos — a distância para o G4 é de cinco pontos. A equipe mineira está na lanterna (20º lugar), com 21 pontos. Clique aqui para ver a classificação no site Srgoool.

O time paranaense encerrou um jejum de quatro partidas sem vencer no Couto Pereira. A última vitória em casa havia ocorrido em 4 de julho – 2 a 0 sobre o Paysandu. 

Apesar de continuar na lanterna, o Boa vinha reagindo na competição. Nas sete rodadas antes de enfrentar o Coxa, o time mineiro somou três vitórias, dois empates e duas derrotas.

[node:galeria id=582948]

DESEMPENHO
Em relação ao desempenho, o Coritiba novamente não jogou bem. Demonstrou alguma organização defensiva, mas os jogadores cometeram muitas falhas individuais na marcação. Com a bola, a equipe de Tcheco segue com dificuldades para envolver o adversário. Os melhores momentos partiram de Jean Carlos, com chutes de fora da área e cobranças de falta e escanteio. Os laterais e volantes continuam com fraca participação na construção das jogadas. Pelos lados do campo, Pablo e Parede ficaram muito isolados e dependeram de dribles para avançar. O time só conseguiu dominar o lanterna nos 20 minutos finais, quando o Boa tinha um jogador a menos, devido à expulsão de Juninho Potiguar.

TÉCNICO
Tcheco completou cinco jogos desde que assumiu o comando do Coritiba, em agosto. Agora ele soma duas vitórias, um empate e duas derrotas. 

ARTILHEIRO
Guilherme Parede é o artilheiro do Coritiba na Série B, com oito gols em 20 jogos. Também lidera a artilharia do time no ano, com 11 gols em 36 partidas. O segundo na lista é o meia Yan Sasse, com cinco gols na temporada (quatro na Série B).

ESCALAÇÃO
O Coritiba só teve uma mudança em relação ao último jogo. Sem William Matheus, lesionado, Tcheco apostou em Abner. Outros cinco jogadores seguem em recuperação e não atuaram: Chiquinho, Carlos Eduardo, Carlos César, Leandro Silva e Romércio. O esquema tático foi o mesmo 4-1-4-1 da última rodada, com Vitor Carvalho de volante. A linha de quatro do meio-campo tinha Pablo e Parede de extremos, além de Simião e Jean Carlos centralizados. O Boa não tinha Kaio Cristian, Bruno Tubarão e Douglas Baggio, todos suspensos. 

PRIMEIRO TEMPO
A chuva forte em Curitiba deixou o gramado encharcado, o que dificultou a troca de passes rasteiros das duas equipes. O Boa se adaptou melhor às circunstâncias do jogo e criou mais jogadas ofensivas, pelo menos três. O Coxa só levou perigo nas bolas paradas. Os dois gols da primeira etapa, aliás, foram em escanteios. Aos 10, Jean Carlos cruzou e Rafael Lima fez 1 a 0 para o time paranaense. A equipe mineira empatou aos 25, em cruzamento de William Barbio e finalização de Juninho Potiguar.

SEGUNDO TEMPO
O segundo tempo começou com gol. Aos 6 minutos, Bruno Moraes lançou nas costas da defesa. Guilherme Parede entrou livre e tocou na saída do goleiro: 2 a 1. Aos 20, o lateral-esquerdo Abner saiu lesionado. O volante Julio Rusch entrou improvisado nessa posição. Aos 24, o atacante Juninho Potiguar, do Boa, foi expulso. Ele cometeu falta em Wilson, levou o segundo amarelo no jogo e ganhou o vermelho. Aos 25, saiu Simião e entrou o meia Thiago Lopes. O esquema seguiu o mesmo 4-1-4-1. A partir daí, com um jogador a mais, o Coxa passou a controlar o jogo. Aos 40, saiu Bruno Moraes e entrou Alecsandro.

ESTATÍSTICAS
Em 90 minutos, o Coritiba somou 10 finalizações (4 certas), 50% de posse de bola, 83% de eficiência nos passes e 5 escanteios. O Boa arrematou 7 vezes (1 certa) e teve 50% de posse de bola, 88% de eficiência nos passes e 4 escanteios. Os dados são do FootStats.

CORITIBA 2 x 1 BOA
Coritiba: Wilson; Vinicius Kiss, Thalisson Kelven, Rafael Lima e Abner (Julio Rusch); Vitor Carvalho; Simião (Thiago Lopes), Jean Carlos, Pablo e Guilherme Parede; Bruno Moraes (Alecsandro). Técnico: Tcheco
Boa Esporte: Fabrício; Maycon, Rodrigão, Luan e Jadson; Djavan, PH (Thallyson) e Aldo (Adauto); William Barbio, Juninho Potiguar e Alysson (Manoel). Técnico: Ney da Matta
Gols: Rafael Lima (10-1º), Juninho Potiguar (25-1º), Guilherme Parede (6-2º),
Expulsão: Juninho Potiguar (24-2º)
Cartões amarelos: Vitor Carvalho, Thalisson Kelven, Simião (C). Rodrigão, Potiguar, Manoel (B).
Árbitro: Alexandre Vargas Tavares de Jesus (RJ)
Público: 4.200 pagantes
Renda: R$ 66.253,00
Local: Estádio Couto Pereira

PRINCIPAIS LANCES
Primeiro tempo

3 – Jean Carlos chuta de longe. O goleiro segura.
10 – Gol do Coritiba. Escanteio. Jean Carlos cruza à meia altura. Vitor Carvalho fura. A bola bate em Rafael Lima e entra.
18 – Gol do Boa. Escanteio. Barbio cruza para a 1ª trave. Aldo desvia e Potiguar completa livre, quase dentro do gol.
25 – Gol anulado. Jadson cruza e Potiguar marca de cabeça. Impedimento.
26 – Alyson invade a área e chuta cruzado. A bola vai ao lado.
43 – Falta na direita. Jean Carlos cruza fechado. Ninguém tira e a bola passa com perigo.

Segundo tempo
6 – Gol do Coritiba.
Bruno Moraes ganha a dividida e lança nas costas da defesa. Guilherme Parede invade a área e toca na saída do goleiro.
14 – Jadson cruza. Potiguar cabeceia. A bola desvia na zaga. Wilson segura.
16 – Jean Carlos cruza rasteiro. Bruno Moraes tenta finalizar, mas a zaga chega antes.
17 – Jean Carlos chuta de fora da área. A bola passa perto, ao lado.
32 – Escanteio. Jean Carlos cruza. A bola bate no braço de Rodrigão, dentro da área. O Coxa pede pênalti. 
34 – Thiago Lopes chuta de fora da área. O goleiro salva com os pés.
35 – Jean Carlos cobra escanteio. Bruno Moraes cabeceia para fora.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES