Assine e navegue sem anúncios [+]
Repercussão

OAB do PR e políticos criticam magistrada

A Ordem dos Advogados do Paraná (OAB/PR) publicou nota repúdio a toda a manifestação de racismo e comunicou que está solicitando ao Tribunal de Justiça do Paraná (TJ/PR) e ao Ministério Público providências para apuração dos fatos ligados à sentença proferida pela magistrada Inês Marchelek Zarpelon, da 1ª Vara Criminal de Curitiba. Ainda ontem, a Comissão da Igualdade Racial da OAB, protocolou um pedido de providências solicitando a abertura de procedimento no TJ-PR.
Obscurantismo — Na Assembleia Legislativa, o deputado Requião Filho (MDB) defendeu a aprovação de uma nota de repúdio contra a atitude da juíza. “Isso é inadmissível e devemos repudiar todo e qualquer tipo de discurso desta natureza. O deputado federal Rubens Bueno (CDN) também divulgou nota repudiando a sentença.

Assine e navegue sem anúncios [+]

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. OK