Publicidade
Paraná 1 x 1 Botafogo

"Pelo menos não saímos derrotados, o que seria terrível", comenta Rogério Micale

Se n\u00e3o conseguiu a vit\u00f3ria que precisava, Paran\u00e1 ao menos evitou a derrota tr\u00e1gica, avaliou treinador
Se n\u00e3o conseguiu a vit\u00f3ria que precisava, Paran\u00e1 ao menos evitou a derrota tr\u00e1gica, avaliou treinador (Foto: Franklin de Freitas)

Um aliviado Rogério Micale compareceu à coletiva de imprensa na tarde deste domingo (12 de agosto), após o empate em 1 a 1 contra o Botafogo, na Vila Capanema (com o gol paranista saindo no último lance da partida). O resultado, como admitiu o próprio técnico, não chega a dar um “fôlego”, um respiro maior ao comando técnico. “A gente precisava ganhar o jogo”, comentou. Por outro lado, uma derrota teria sido algo “terrível”.

Pela circunstância do jogo, a gente perdendo até o último minuto, realmente nos dá a sensação de que pelo menos conseguimos um ponto. Entramos para ganhar o jogo, queremos dar esse sentimento de alegria ao torcedor e sair da zona de rebaixamento. Mas estamos lutando, hoje lutamos mais, já houve uma evolução. E hoje o empate, se não foi o que a gente queria, pelo menos não saímos derrotados, o que seria terrível”, disse.

Na avaliação do treinador, a equipe teve um desempenho abaixo do visto em rodadas anteriores. “O que eu avalio de diferente é que conseguimos um ponto. Realmente não foi uma partida como as outras. Até tivemos mais posse de bola, mas o volume efetivo não foi tão positivo”, declarou.

Ainda assim, apontou que a partir desse resultado a equipe ainda pode encontrar um novo rumo dentro da competição.


Precisamos de coragem, ser incisivo. Vai pegar o Corinthians? Nada! É 11 contra 11, o resultado vemos depois. É lutar, se entregar. Vamos sofrer um pouco, mas vamos encarar. Tem de ter coragem. O Alex Santana foi o personagem (do jogo). Até teve outros, mas foi o Alex que mostrou aquilo que temos de ter como parâmetro para o Paraná, para sairmos dessa situação”, disse o técnico, comentando ainda que durante a semana irá cobrar os atletas pelo desempenho abaixo do esperado. “Mas hoje os felicitei por não desistirem.”

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES