Mercado da bola

Artilheiro do Atlético na Série B de 2012, Marcelo Cirino volta ao clube

"Instagram do Al Nasr fala sobre Cirino: mas n\u00f3s n\u00e3o temos a m\u00ednima no\u00e7\u00e3o do eles est\u00e3o escrevendo ali"
"Instagram do Al Nasr fala sobre Cirino: mas n\u00f3s n\u00e3o temos a m\u00ednima no\u00e7\u00e3o do eles est\u00e3o escrevendo ali" (Foto: Reprodução/instagram.com/alnasr_sc)

O ponta Marcelo Cirino, 26 anos, está de volta ao Atlético Paranaense. Por enquanto, apenas para treinar e para manter a forma. O jogador ainda tem contrato de empréstimo para o Al Nasr, dos Emirados Árabes, até o final de julho. Os direitos econômicos dele são divididos. Em 2015, a Doyen Sports comprou 50% por cerca de R$ 16 milhões. Depois, acabou emprestado para o Flamengo e para o Internacional.

O Atlético pode tentar um acordo com Al Nasr para rescindir o empréstimo e utilizar o atleta. Outra opção é negociá-lo para outra equipe. Ele tem contrato com o clube paranaense até o final de 2019. 

No atual formato de time do técnico Fernando Diniz, Cirino disputaria posição com Guilherme e Nikão, que jogam ao lado centroavante, quase como “pontas”. 

Cirino tem 26 anos e foi revelado nas categorias de base do Atlético-PR. Foi artilheiro da equipe na Série B de 2012, com 16 gols em 30 jogos. Em 2013, foi decisivo na campanha do 3º lugar no Brasileirão e no vice da Copa do Brasil, formando um poderoso quarteto ofensivo com Ederson, Everton e Paulo Baier. 

No Flamengo, de 2015 a 2016, marcou 23 gols em 97 partidas. Não conseguiu se firmar no Inter, com apenas 1 gol em 11 jogos. Recuperou seu bom futebol nos Emirados Árabes, com 26 jogos e 14 gols.