Publicidade
Inédito no mundo

Curitibano lança álbuns de figurinhas das Copas do Mundo de 54 e 58

Heriberto e os álbuns de figurinhas
Heriberto e os álbuns de figurinhas (Foto: Lycio Vellozo Ribas)

O escritor curitibano Heriberto Ivan Machado está lançando mais dois álbuns de figurinhas da Copa do Mundo. Agora estão à venda as edições de 1954 e 1958. Cada obra tem 40 páginas, com todos os jogadores da competição. O número de figurinhas coloridas varia de 263 a 384, conforme a quantidade de jogadores em cada torneio.

Em novembro de 2017, ele já havia lançado os álbuns de 1930, 1934, 1938 e 1950. A primeira edição esgotou e a nova impressão conta com novidades, com algumas imagens otimizadas.

Cada álbum está à venda por R$ 250. Os pedidos podem ser feitos diretamente com o autor, pelo telefone 41-3338-4510 ou pelo e-mail machado50h@gmail.com. Há também o custo de postagem nos Correios – cerca de R$ 15.

Heriberto conta que vendeu mais de 600 unidades e os álbuns fazem sucesso também no Exterior.

Cada álbum traz um texto curto sobre a competição e sobre a participação do Brasil no torneio, além da ficha técnica de todos os jogos e a figurinha colorida de cada jogador inscrito.

INEDITISMO
“A lacuna de álbuns de Copas do Mundo foi preenchida. Antes não existiam álbuns completos dessas copas”, explica Heriberto. As obras do curitibano incluem todos os jogadores inscritos na competição. “É inédito no mundo”, afirma.

“O álbum da Copa de 1950 das Balas Americanas, por exemplo, só tem 11 jogadores de cada seleção”, explica. “E muitas legendas estão erradas lá”, diz.

Há também um álbum alemão lançado para a Copa de 1954, mas que só traz imagens de oito seleções.

PESQUISA
O trabalho para encontrar todas as fotos dos jogadores inscritos nas Copas não foi fácil, conta Heriberto. Em alguns casos, foi necessária uma verdadeira e difícil investigação.

Um caso curioso é a luta para encontrar o jogador Franz Dienert, da seleção alemã na Copa de 1934. Após vários contatos, apenas a revista Kicker da Alemanha deu uma pista para a equipe de Heriberto, formada também por Armando Kolbe Junior, Rogério Michailev e Luis Evaristo. “A Kicker nos informou que o Dienert era agente secreto da SS (braço armado do Partido Nazista)”, conta. A pista levou a sites sobre agentes secretos e a equipe de Heriberto descobriu a foto de Dienert em uma página russa, que revelava que o jogador alemão era colaborador da KGB. Ou seja, um agente duplo.

Outro exemplo é a seleção do Egito de 1934. Heriberto Machado só conseguiu as fotos na Biblioteca de Alexandria.

O trabalho de pesquisa para os álbuns começou em 2009. Ou seja, a equipe completa em 2019 dez anos buscando fotos de jogadores de todas as Copas.

Agora, a meta é lançar os álbuns de 1962 e 1966. Ainda não há data para o lançamento. As fotos de todos os jogadores já foram adquiridadas pela equipe de Heriberto. Agora, falta o trabalho final de tratamento das fotos e design das páginas.

Depois de 1962 e 1966, a ideia de Heriberto é fazer os álbuns de todas as Copas do Mundo, até 2018.

O AUTOR
Heriberto Ivan Machado, 68 anos, já tem 36 livros publicados. Desse total, 18 são sobre esportes. Os mais conhecidos são 'Futebol do Paraná – 100 Anos de História', 'Arena da Baixada – 100 Anos' e 'Clube Atlético Paranaense - Uma Paixão Eterna'.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES