Câmara Municipal

Greca, agora, quer ‘premiar’ quem distribuir comida em Curitiba

Projeto original previa multa para quem distribuísse comida sem autorização
Projeto original previa multa para quem distribuísse comida sem autorização (Foto: Levy Ferreira/SMCS)

Após a repercussão negativa da proposta original, que previa multa para quem distribuir comida sem autorização, o prefeito Rafael Greca (DEM) agora quer “premiar” quem atender a população em situação de rua e vulnerável de Curitiba. Pela nova versão do projeto, as Organizações da Sociedade Civil (OSCs) que aderirem ao Programa Mesa Solidária terão acesso ao Banco de Alimentos e a produtos adquiridos com recursos do Fundo de Abastecimento Alimentar de Curitiba (Faac).

A prefeitura também promete disponibilizar prédios públicos para a distribuição organizada dos alimentos e, se for necessário, poderá alugar espaços para a distribuição regular de comida à população socialmente vulnerável. As mudanças constam no substitutivo geral protocolado no dia 6 de abril pelo prefeito.

Leia mais no blog Política em Debate