Viagens

Conheça os países mais criativos do mundo

Inovação e inventividade são duas palavras-chave para definir o sucesso da economia de um país. Ao mesmo tempo, é importante afirmar: para que isso aconteça, é necessário que ocorram investimentos em invenções desenvolvidas de maneira a melhorar a vida de todos.

Para quem tem curiosidade em saber mais sobre essas criações e as suas patentes, existe uma entidade, a WIPO, responsável por proteger a propriedade intelectual produzida ao redor do mundo.

Dessa maneira. um levantamento realizado pelo time da Betway Cassino, site de jogos de roleta online, elencou os países que possuem mais registros de patentes em todo o planeta. Confira abaixo quais são as nações mais produtivas nesse sentido!

Ranking
A patente é o recurso responsável por proteger a propriedade das invenções, mediante todo o aparato da segurança governamental de um país. Contando com 193 estados membros, a WIPO possui, como principal missão, garantir esse procedimento.

Segundo o ranking realizado pela entidade, existem 10 países campeões em invenções patenteadas e que são responsáveis por garantir não apenas a inovação, mas o conforto e a segurança de diversos países. Portanto, que tal conhecer os países mais inventivos do mundo?

Suíça
Com 244.581 registros, a Suíça ocupa o décimo lugar da lista. Entre as invenções patenteadas por eles estão o zíper, canivete suíço, papel celofane e o velcro.

Rússia
De vagões ferroviários de energia elétrica até helicóptero e rifle, a Rússia aparece no nono lugar, com 256.419 patentes.

Itália
Além de ser um dos países mais ativos no sentido da evolução musical, a Itália surge no oitavo lugar com 306.768, graças a invenções como o óculos e o papel carbono.

Reino Unido
Graças a ele, tivemos acesso ao meio mais democrático de comunicação: a televisão. Mas com 572.063 registros, outras maravilhas apareceram, como o telégrafo e o aço inoxidável.

França
Nem só de perfume vivem os franceses. Com 602.084 registros de patente, eles são responsáveis pelo cinema e pelo braille, além do sistema métrico.

Alemanha
Automóvel, cerveja, aspirina, pasta de dente...São muitos os benefícios que os alemães trouxeram para o nosso dia a dia. Em quinto lugar, possuem 703.606 patentes.

Coreia do Sul
A mais memorável criação dos sul-coreanos foi o jornal, revolucionando a informação. Mas, com 1.001.163 patentes, trouxeram à tona a tela touchscreen e o MP3 portátil.

Japão
Sempre moderno, o Japão, com as suas 2.054.276 patentes, mudaram a tecnologia com a criação da fibra óptica, vídeo game e a tela plana.

China
Com 2.366.314 patentes, a China causou grandes revoluções na humanidade. É o país detentor de invenções como a pólvora, álcool e cédulas de papel.

Estados Unidos
No primeiro lugar, com 3.063.494 registros, os Estados Unidos criaram a revolução mais significativa: a internet. Mas também são responsáveis pelo smartphone e computador pessoal.

Mas, e o Brasil?
Nosso país ocupa a 34ª posição no ranking, com cerca de 31.977 patentes registradas. Entre os curiosos produtos, uma máquina de descascar café e latinhas falantes.

Invenções criadas por mulheres
Para quem pensa que as invenções tecnológicas e científicas foram realizadas apenas por homens, há um grande engano nessa informação. Elas são responsáveis por muitas patentes importantes, como podemos conferir a seguir:

Comunicação sem fio
Além de atriz famosa em Hollywood, Hedy Lamarr criou esta tecnologia, que serviu de base para a invenção do Wi-Fi, Bluetooth e GPS.

Caminho da lua
Katherine Johnson trabalhou nas equipes responsáveis pela criação da primeira nave espacial (em 1961) e no primeiro pouso em solo lunar (em 1969).

Divisão de átomos
Lise Meitner conseguiu um feito e tanto na década de 1940: foi a responsável por descobrir que a divisão dos núcleos atômicos durante uma fissão podia liberar energia.