Publicidade
Cultura

Prefeitura cria projeto de lei para tornar Curitiba mais atrativa a shows, feiras e espetáculos

A Prefeitura encaminhou nesta quinta-feira (17/5) à Câmara Municipal projeto de lei com redução de 5% para 2% do ISS (Imposto sobre Serviços) cobrado para realização de espetáculos teatrais, shows, feiras e congressos, entre outros.

O prefeito Rafael Greca destaca na mensagem aos vereadores que o projeto tem o objetivo de tornar a capital mais atrativa à produção deste tipo de evento, uma vez que outras cidades praticam alíquotas significativamente menores, o que prejudica a atratividade da capital.

As atividades na área costumam ter impacto positivo em vários outros setores da economia local, na medida em que demandam hotéis, bares e restaurantes, prestadores de serviços (como montadores, eletricistas, carpinteiros), entre outros, sendo que a estrutura da capital nesta área é bastante ampla.

 

Veja a relação dos serviços com redução de alíquota incluídos no projeto:

- Espetáculos teatrais e circenses;
- Programas de auditório;
- Shows, balé, danças, desfiles, bailes, óperas, concertos, recitais, festivais e congêneres;
- Feiras, exposições congressos e congêneres;
- Corridas e competições de animais;
- Competições esportivas ou de destreza física ou intelectual, com ou sem participação de espectador;
- Produção, com ou sem encomenda prévia, de eventos, espetáculos, entrevistas, shows, balé, danças, desfiles, bailes, teatros, óperas, concertos, recitais, festivais e congêneres. (Este item destina-se a abordar o trabalho do produtor desses eventos).

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES