Publicidade
Coritiba 4x0 Athletico

'Talvez eu tenha errado a mão', afirma técnico do Athletico

Eduardo Barros
Eduardo Barros (Foto: Valquir Aureliano)

O técnico dos aspirantes do Athletico Paranaense, Eduardo Barros, fez sua análise após a derrota por 4 a 0 para o Coritiba, nesse domingo (dia 15). “Na definição de equipe talvez eu tenha errado a mão. Talvez faltou eu entender melhor o peso do jogo. Talvez fosse o caso de colocar uma equipe com mais casca”, declarou. “Claro que é mais fácil falar isso depois do jogo”, comentou. “Tenho que aprender os erros do jogo de hoje”, desabafou.

Sobre a possibilidade de colocar jogadores mais 'cascudos', Eduardo explicou que não tinha autonomia para pedir mais reforços do elenco principal. “Puxar mais jogadores, não. Isso seria decisão de outro nível hierárquico”, disse.

Os únicos reforços que Eduardo ganhou para o Atletiba foram novatos que já treinaram com os aspirantes (Khellven, Abner Vinícius, Christian, Jajá e Pedrinho) e estavam com o elenco principal na última semana. “Eles viajaram para o Chile, mas passaram boa parte da prepação com o time de aspirantes. Com a descida deles, a gente teve que fazer uma série de mudanças estratégicas. E isso está ok, porque esse é o projeto”, analisou.

Em relação ao desempenho, lamentou o gol no início do jogo e a reação dos jogadores a esse fato. “Tomamos o gol muito cedo. Isso acabou condicionando nossa forma de jogar. O time ficou ansioso”, argumentou. “É inadmissível tomar dois gols de bola parada. Sabíamos eles já tinham mais de dez gols de bola parada durante a temporada. E esses gols acabaram sendo determinantes para o placar do jogo”, disse.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES