Publicidade
Via aplicativo

Cid Moreira agora conta histórias para dormir

Cid Moreira
Cid Moreira (Foto: Divulgação)

Cid Moreira deu o “boa noite” mais famoso do Brasil, no ‘Jornal Nacional’, por 27 anos e foi o brasileiro escolhido para narrar a Bíblia. Aos 92 anos, o jornalista, apresentador e locutor se reinventa e participa de um trabalho inusitado: contar história para dormir no Zen App, um aplicativo brasileiro voltado à meditação e ao bem-estar.

“Eu fico muito feliz quando tenho um novo desafio pela frente. Eu tive a oportunidade de fazer um pouco de tudo em minha profissão: narrador, dublador, locutor e noticiarista. Agora, mais um desafio muito legal: narrar histórias para dormir. O aplicativo é uma das coisas mais modernas que existem nessa área. Assim, estou sempre me atualizando”, afirma Cid Moreira.

Ao longo de 32 minutos, Cid narra uma história entre as irmãs Celina e Valentina. Cada uma delas tem uma maneira diferente de enxergar o mundo, encarar o cotidiano e superar os obstáculos que aparecem em suas rotinas. “É muito bom utilizar essas ferramentas como forma de melhorar a qualidade de vida das pessoas”, diz o apresentador.

De acordo com o jornalista, mesmo com mais de nove décadas de vida, o aplicativo abriu uma oportunidade de se renovar na carreira. “Eu gosto muito de novidades e de aprender com o novo jeito de perceber a vida. E o Zen App é mais um passo para estar conectado com todas as inovações que vêm com o mundo digital”, diz.

No Brasil e no mundo

A história narrada por Cid Moreira está no portfólio de meditações guiadas, músicas, vídeos, contos e histórias para dormir apresentados na versão em português do aplicativo. A plataforma também dispõe de conteúdo em inglês, espanhol e alemão. Desde o seu lançamento, em 2016, o Zen App teve downloads em 154 países e superou a marca de 240 mil usuários ativos por mês, além de registrar mais de 3 milhões de downloads na Apple Store e Google Play.

“A história narrada por Cid Moreira está dentro de nosso propósito de adquirir novos usuários, que é um de nossos objetivos em 2019. O foco será o mercado brasileiro, da América Latina e dos Estados Unidos, especialmente ao atingir pessoas procurando conteúdos voltados ao bem-estar e ao desenvolvimento pessoal”, explica o cofundador e CEO do Zen App, Christian Wolthers.

O Zen App emprega 10 pessoas em seu escritório em Santos e conta com cerca de 50 colaboradores espalhados pelo mundo desenvolvendo conteúdos variados, adquiridos por meio de licenças. O aplicativo tem uma versão gratuita disponível para download na Apple Store e na Google Play e oferece uma versão premium paga.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES